k
OPS... USE SEU CELULAR NA VERTICAL PARA UMA MELHOR NAVEGAÇÃO
FECHAR x
Você está lendo:
“Dá para amar mais de uma pessoa”: Bela Gil abre o jogo sobre casamento
m
MENU
s
BUSCA
GOSTOU?
+2
COMPARTILHAR
VER COMENTÁRIOS / COMENTAR
m
MENU

“Dá para amar mais de uma pessoa”: Bela Gil abre o jogo sobre casamento

13/06/22 | Por Amábile Reis

Fotos: @brunasussekind
Assistente de foto: @mna_1981

Bela Gil é a nova capa da revista digital do GE! A chef, apresentadora e ativista sempre levantou bandeiras com o seu estilo de vida, que é bem a frente do tempo. Ao começar a carreira na televisão, os espectadores podem até ter ficado reticentes com as substituições alimentares e o churrasco de melancia dela. Mas, atualmente, segundo o IBOPE, temos 30 milhões de vegetarianos e 7 milhões de veganos no país. Agora, Bela rompe barreiras em mais um ponto: o seu casamento. Ela e o marido João Paulo Demasi, casados há quase 20 anos, possuem um relacionamento aberto. 

“A minha vida sempre foi assim. Não é uma coisa que imponho a todos e nem acho superior. Muita gente acha ruim e algo promíscuo. Mas acredito que estamos caminhando para uma sociedade mais livre nesse sentido e acho que a não-monogamia estará mais presente ao longo do tempo”, disse. E, em nosso papo, ela comenta esse e outros assuntos! Confira:

RELACIONAMENTO ABERTO

“Minha relação com meu marido sempre foi pautada na confiança e na liberdade. Quando uma relação é pautada no poder, de ‘quem manda na relação’, a gente cria um ambiente de possessividade, um vira posse do outro. E ninguém é posse de ninguém.Temos uma relação justa e igualitária. A gente entende que o amor entre a gente é gigante e só se multiplica. Eu posso amar meu marido e outras pessoas concomitantemente. Não acredito que uma coisa exclui a outra. Não é uma coisa que eu imponho a todos. Muita gente acha uma coisa promiscua, tem de tudo. Mas acho que a gente está caminhando para uma sociedade mais livre e que a não monogamia vai estar mais presente ao longo do tempo”. 

CASAMENTO

“Claro que dá para amar mais de uma pessoa. É que a nossa sociedade é machista e patriarcal. Tem uma fala da Maria Homem que diz que a nossa construção do casamento vem de um lugar de eleger uma pessoa para se tornar o melhor marido, o melhor pai, o melhor amigo e isso tudo em cima de uma pessoa só. E é muito difícil você jogar esse peso todo em uma pessoa, sendo que a gente poderia ter UM melhor pai, UM melhor marido e por aí vai. A gente não precisa ficar lutando para encontrar o príncipe encantado que tenha todas as qualidades que a gente quer. Quando a gente tira um pouco o estigma, a vida fica mais leve nesse sentido. Para mim, funciona bem.”

Fotos: @brunasussekind
Assistente de foto: @mna_1981

MEXER NAS CLÁUSULAS 

“O casamento, se a gente entender como um contrato, é algo que podemos mexer nas cláusulas.Dependendo da fase da nossa vida, a gente pode mexer nele. Tudo pode ser conversado. Assim como a gente vai mudando, crescendo e amadurecendo, as coisas que funcionavam há 10 anos não vão necessariamente funcionar hoje em dia. A gente tem que se adaptar.”

EXISTE TRAIÇÃO?

“Quando a gente fala de um relacionamento não monogâmico, a gente fala de as coisas serem mais leves. Quando você está com uma outra pessoa que não seja seu marido, você não está traindo, você não tem esse sentimento de culpa, essa coisa de fazer tudo escondido como se fosse um crime. Eliminar isso deixa que a vida das pessoas seja mais legal.”

O QUE APRENDEU COM A FAMÍLIA 

“Respeitar a pessoa do jeito que ela é, respeitar as escolhas do outro mesmo que isso não esteja totalmente de acordo com o que você acredita. E isso faz com que eu fique muito confortável para gostar de quem quiser, para poder me expressar sexualmente do jeito que quiser… Esse conforto e naturalidade foi muito importante para mim e passo isso para os meus filhos.”

Quer conferir mais quotes de Bela? Escute o GE Talks nas maiores plataformas de podcast!

QUEM ESCREVE
Amábile Reis
| Team GE
COMPARTILHAR
GOSTOU?
+2
COMENTÁRIOS
ESCOLHA SUA PLATAFORMA DE COMENTÁRIOS FAVORITA
>
PRÓXIMA HISTÓRIA
<
HISTÓRIA ANTERIOR
j
Voltar ao Topo