k
OPS... USE SEU CELULAR NA VERTICAL PARA UMA MELHOR NAVEGAÇÃO
FECHAR x
Você está lendo:
Creme “segunda pele” criado pelo MIT pode ser o futuro da (não) maquiagem!
m
MENU
s
BUSCA
GOSTOU?
COMPARTILHAR
VER COMENTÁRIOS / COMENTAR
m
MENU

Creme “segunda pele” criado pelo MIT pode ser o futuro da (não) maquiagem!

10/05/16 Beauty Talks | Por Andressa Fernandes

A gente sempre está atrás daquele produto de beleza que disfarça magicamente todas as imperfeições, né? Imagina então se fosse inventado um photoshop da vida real? Pois é, essa coisa que parece algo tããão “do futuro” virou notícia hoje com a divulgação desse “creme segunda pele”!

skin1-large_trans++ZgEkZX3M936N5BQK4Va8RWtT0gK_6EfZT336f62EI5U

Criação de pesquisadores do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) e Harvard em parceria com a área de biotecnologia da Living Proof (a empresa de beleza que tem Jennifer Aniston como sócia), o XPL (abreviação de camada de polímero com ligações cruzadas), como é chamado, é aplicado em duas etapas: primeiro um creme transparente que contem o polímero, depois um branco que funciona como um catalisador.

O resultado é uma película invisível e macia, que resiste a lavagens e outros desgastes por até 24 horas – para removê-la é preciso usar um produto especial!

10SKIN1-master768

À esquerda, olha como a pele fica lisinha com o XPL x pele natural!

A pesquisa sobre o creme foi publicada hoje na revista Nature Materials, mas a invenção ainda está longe de chegar ao mercado: além de refinar o teste do creme a empresa também precisa submetê-lo à aprovação do FDA (departamento de controle como a Anvisa funciona por aqui).

Além de questões estéticas, a novidade também apresenta possibilidades médicas, como proteger peles sensíveis de eczemas e dermatite, além de funcionar como uma barreira que segura medicamentos na pele e atua contra raios ultravioletas.

segunda-pele-1
Em sua melhor fase, a pele humana pode ser esticada em 180% e ainda voltar ao seu estado original – já a pele artificial do MIT pode ser alongada em mais de 250% sem ficar flácida ou danificada

Enfim, dá até um medo pensar que no futuro poderemos andar por aí literalmente embalados! kkk Mas sem dúvidas é interessante ver uma notícia que antes parecia algo tão impossível de acontecer se tornando real! Imagina só as opções que a indústria da beleza não terá para nossas netas?!

Entenda melhor como o XPL funciona no vídeo abaixo:

  • Gostaram dessa novidade? Quem aí toparia usar?
QUEM ESCREVE
Andressa Fernandes
| Team GE
Andressa Fernandes Burque
Brasil / Jornalista / #teamGE @garotasestupidas
COMPARTILHAR
GOSTOU?
COMENTÁRIOS
ESCOLHA SUA PLATAFORMA DE COMENTÁRIOS FAVORITA
>
PRÓXIMA HISTÓRIA
<
HISTÓRIA ANTERIOR
j
Voltar ao Topo