k
OPS... USE SEU CELULAR NA VERTICAL PARA UMA MELHOR NAVEGAÇÃO
FECHAR x
m
MENU
s
BUSCA
m
MENU
Categoria: Compras
29/01/19

Oush Bruna Valença Hoje, queria falar um pouquinho sobre algumas marcas da minha cidade que…

h comentários e 4 min
15/08/18

Talvez você nunca tenha ouvido falar na Kiabi, mas depois desse post com certeza vai…

h comentários e 3 min
13/06/18

Quatro anos se passaram desde a inesquecível Copa do Mundo no Brasil e lá vamos…

h comentários e 3 min
07/06/18

Dia dos Namorados tá aí e você ainda está na dúvida do que dar de…

h comentários e 1 min
18/04/18

Estava eu em um belo domingo de ócio revendo Uma Linda Mulher – um dos meus…

h comentários e 2 min
13/04/18

Não tem um look de Marina Ruy Barbosa que a gente poste lá no Insta…

h comentários e 2 min
21/03/18

…e chegou aquela época do ano! Nesse final de semana acontece em São Paulo mais…

h comentários e 3 min

E chegou o outono, estação oficial das botinhas!! nota: por botinhas entenda os modelos com…

h comentários e 1 min
06/03/18

Há alguns meses a MOB me convidou para acompanhar os bastidores da campanha de inverno…

h comentários e 3 min

Coluna da Bruna: 5 marcas de Recife que eu amo!

29/01/19 Achados virtuais | Por Bruna Valença
Fotos-8
Oush
Bruna Valença

Hoje, queria falar um pouquinho sobre algumas marcas da minha cidade que consumo e admiro. Recife tá vivendo um momento bem rico, em que o slow-fashion vem ganhando cada vez mais espaço, indo na contramão de uma produção de grande escala. Projetos independentes estão investindo em processos de produção mais lentos e sustentáveis. As lojinhas daqui seguem com uma pegada superautoral e única, e eu fico mesmo muito feliz em perceber que, a cada ano que passa, o meu guarda-roupa vai ficando cada vez mais recifense. Tenho um orgulhinho danado!

vivayemanja1

1. VIVA YEMANJAH

Sou suspeita pra falar dessa marca que acompanho deeesde o comecinho. Criada em Recife, todas as roupas são produzidas aqui mesmo, em Pernambuco. Mar, água salgada, sol, natureza, orgânico... Essas são as palavras que penso quando penso na Viva. Estampas exclusivas, peças neutras em linho e uma vibe simples/chic que eu adoro. A modelagem veste direitinho em vários tipos de corpo, sem apertar, sabe? Meu ponto fraco são os macacões e calças. Uso mil pra sair, fotografar, dançar. É muito versátil! Preços entre R$80 e R$ 200 e vende tudinho online!

Instagram: @vivayemanjah

Site/Loja: www.vivayemanjah.com.br

vivayemanja4
vivayemanja5
vivayemanja7

2. OUSH

Fotos-54
Fotos-3
Fotos Bruna Valença
Fotos-39

Conheço Eduarda e Cora há anos − e como tenho orgulho dessas duas! São as mentes criativas por trás da Loja Oush. Criada em 2015, nasceu de uma necessidade de atender o público masculino, com opções diversas de modelagens de camisas mais descontraídas. Daí veio a surpresa: o público feminino também quer! :) E o caminho, desde então, tem sido bonito. Estampas autênticas, exclusivas e com referências diretas ao mundo pop brasileiro, formas de vestir cada vez mais diversas e uma comunicação divertida que é traduzida nas peças.

Na minha wishlist da marca sempre entram as camisas molinhas com estampas diferentonas. Também ando curtindo bastante as pantacourts levinhas. Ah, essas fotos aí acima fui eu quem fiz pra marca! Preços entre R$ 60 e R$ 150.

Vendem por DM e em lojas colaborativas de Recife, como a Me Poupe, Moinho Galeria e Espaço Bora.

Instagram: @lojaoush

 

3. USO ASSIM

A Uso tem dois posicionamentos BEM interessantes: o minimalismo e a igualdade entre os gêneros. Jeans, modelagens em tecidos soltinhos com recortes originais e cores que agradam ao olhar.  Acompanho a marca desde a criação também, e a evolução é palpável! Os meninos transitam entre o mundo urbano e peças neutras, inseridos em um contexto de inovação entre tudo o que já foi feito aqui em Recife. O macacão Brecha (esse vermelho aí da foto), em todas as cores, é a minha peça favorita da marca (até agora!). Preços entre R$ 70 e R$ 200.

Instagram: @usoassim

Site/loja: www.usoassim.com.br

uso assim5

 4.  LA TIENDA

la tienda1
la tienda6

Conheci a marca pelo Instagram, e o que me chamou atenção de primeira foi a filosofia/lema de André e Erica: “Seja você, seja”. Incentivando o autoconhecimento, o respeito às diferenças e a beleza de sermos quem realmente somos. A loja investe em fornecedores brasileiros e, recentemente, iniciou a produção autoral com a preocupação genuína em atender um público específico: pessoas de diversos biotipos que gostam de se vestir livremente. Minha história com eles começou online, mas eu sempre curto visitar o espaço físico pra experimentar as novidades. Quando quero vestir algo leve, é lá que eu procuro! Preços entre R$ 70 e R$ 200.

Instagram: @latiendaa

Loja: Rua do Futuro, 223, Graça, Recife.

5. AKOMB

Quando penso nessa marca, meus primeiras ideias são: feminilidade, vintage e uma  reconstrução de um olhar atual sob o retrô. Quando você conhece a grife, você percebe que sempre há uma maneira mais nova do fazer antigo, sabe? São peças que acabam se tornando atemporais. Uma coisa que me chama atenção neles é a paleta de cores. Sempre há a presença de tons vibrantes e, ultimamente, venho sentido o perfume dos anos 80 em suas criações. Massa, né? Preços entre R$ 100 e R$ 300.

Instagram: @akomb

Site/loja: www.akomb.com.br

akomb1
akomb6
akomb3
akomb5
akomb2

Depois me conta o que achou das lojas? Vou amar saber sua opinião!

QUEM ESCREVE
Bruna Valença
| Team GE
Fotógrafa (e irmã de Camila), agora também é parte do #teamGE
COMPARTILHAR
GOSTOU?
j
Voltar ao Topo