k
OPS... USE SEU CELULAR NA VERTICAL PARA UMA MELHOR NAVEGAÇÃO
FECHAR x
m
MENU
s
BUSCA
m
MENU
Drink refrescante e bem brasileiro com Taís Araujo e Tônica Antarctica
Renato Shippee, criador de Karen Kardasha, fala sobre empreender na Internet
Drink refrescante e bem brasileiro com Taís Araujo e Tônica Antarctica
É aprender drinks com os sabores do Brasil que você quer? Então esse projeto especial é para você! Confira a receita de Amado Chocolate
Renato Shippee, criador de Karen Kardasha, fala sobre empreender na Internet
Saiba como o ator criou a milionária mais amada do país e transformou o Instagram em um negócio
EDITORIAL
MODA
|
BELEZA
|
LIFESTYLE
|
TVGE
MAIS VISTOS
6 jeitos de utilizar cubos de gelo na sua rotina de beleza
Truque de beleza que dá para fazer em casa sem nenhum esforço, multiuso e com...
Beleza
30 jan 2014
Top 10 penteados mais pinados de 2018
Seguindo a nossa série de looks mais pinados de 2018, conseguimos a lista dos penteados...
Beleza
21 dez 2018
O efeito imediato e radiante do Renew Vitamina C!
Os três passos importantes: Limpeza, tratamento e proteção #publishow Desde que participamos do evento da...
Beleza
30 abr 2019
6 jeitos de utilizar cubos de gelo na sua rotina de beleza
Truque de beleza que dá para fazer em casa sem nenhum esforço, multiuso e com...
Beleza
30 jan 2014
Top 10 penteados mais pinados de 2018
Seguindo a nossa série de looks mais pinados de 2018, conseguimos a lista dos penteados...
Beleza
21 dez 2018
O efeito imediato e radiante do Renew Vitamina C!
Os três passos importantes: Limpeza, tratamento e proteção #publishow Desde que participamos do evento da...
Beleza
30 abr 2019
6 jeitos de utilizar cubos de gelo na sua rotina de beleza
Truque de beleza que dá para fazer em casa sem nenhum esforço, multiuso e com...
Beleza
30 jan 2014
Top 10 penteados mais pinados de 2018
Seguindo a nossa série de looks mais pinados de 2018, conseguimos a lista dos penteados...
Beleza
21 dez 2018
O efeito imediato e radiante do Renew Vitamina C!
Os três passos importantes: Limpeza, tratamento e proteção #publishow Desde que participamos do evento da...
Beleza
30 abr 2019

Drink refrescante e bem brasileiro com Taís Araujo e Tônica Antarctica

25/02/21 #GEnaResenha | Por Nelize Dezzen
É aprender drinks com os sabores do Brasil que você quer?
Então esse projeto especial é para você!
A campanha: “Os Sabores do Brasil Transformam”, apresentada por Tônica Antarctica, traz drinks descomplicados e com ingredientes específicos de cada parte do nosso país, como o pequi, cacau, macela, café, jambu e goiabada. Uma verdadeira homenagem à nossa rica cultura e às deliciosas tradições brasileiras. Incrível, né? E para ficar ainda melhor quem apresenta tudo isso: Taís Araujo!
Uma das seis receitas criadas por Néli Pereira, parceira da marca e referência em mixologia, está aqui:
Quer mais receitas exclusivas e deliciosas assim? Corre já no instagram de Tônica Antarctica que tem muito mais! Clica aqui!
*publicidade
Beba com moderação e não compartilhe menores de 18 anos
QUEM ESCREVE
Nelize Dezzen
| Team GE
VER COMENTÁRIOS / COMENTAR
COMPARTILHAR
GOSTOU?
+1

Drink refrescante e bem brasileiro com Taís Araujo e Tônica Antarctica

25/02/21 #GEnaResenha | Por Nelize Dezzen
É aprender drinks com os sabores do Brasil que você quer?
Então esse projeto especial é para você!
A campanha: “Os Sabores do Brasil Transformam”, apresentada por Tônica Antarctica, traz drinks descomplicados e com ingredientes específicos de cada parte do nosso país, como o pequi, cacau, macela, café, jambu e goiabada. Uma verdadeira homenagem à nossa rica cultura e às deliciosas tradições brasileiras. Incrível, né? E para ficar ainda melhor quem apresenta tudo isso: Taís Araujo!
Uma das seis receitas criadas por Néli Pereira, parceira da marca e referência em mixologia, está aqui:
Quer mais receitas exclusivas e deliciosas assim? Corre já no instagram de Tônica Antarctica que tem muito mais! Clica aqui!
*publicidade
Beba com moderação e não compartilhe menores de 18 anos
QUEM ESCREVE
Nelize Dezzen
| Team GE
VER COMENTÁRIOS / COMENTAR
COMPARTILHAR
GOSTOU?
+1

A moda dos anos 80 foi tema de editorial lindo de Fernando Batista

19/02/21 Editorial | Por Nelize Dezzen

Se você é fã da moda dos anos 80, vai pirar com o editorial incrível criado pelo stylist Fernando Batista. As fotos, feitas por Jeff Segenreich e com a modelo Cibele Ramm, misturam a atitude rockstar rebelde, o visual de Dua Lipa no clipe de Fever,  muito brilho e alfaiataria estruturada. O resultado? O ensaio ficou brilhante!

Confira:

Brincos Ornare, Top de tule Victor Galeno X Babalong, Luva A.rolê, Blusa Wolford, Meia calça Wolford, Sapato Miu Miu

 

Brincos Ornare, Colar Ornare, Óculos Versace, Trench Thierry Mugler na Trash chic, Regata LED, Meia Wolford, Calça Isabem Marant na Trash Chic

 

Brincos Ornare, Colar Louis Vuitton, Regata Balenciaga na Trash Chic, Luva A.rolê, Saia Zara

 

Brincos Ornare, Colar Ornare, Trench Coat Ellus. Top Diego Favaro, Calça Fendi

 

Brincos Ornare, Colar Ornare, Top Diego Favaro, Calça Fendi

 

Chapéu Louis Vuitton, Sutiã Intimissimi, Luvas A.Rolê, Trench Coat Louis Vuitton, Saia Louis Vuitton, Meia Calça Wolford

 

Brincos Ornare, Luvas A.Rolê, Trench Coat Prada, Sutiã Intimissimi, Calça Tjurs, Meia Wolford, Sapato Louis Vuitton

 

Brincos Ornare, Top de tule Victor Galeno X Babalong, Luva A.rolê, Blusa Wolford, Meia calça Wolford, Sapato Miu Miu

 

Brincos Ornare, Colar Louis Vuitton, Regata Balenciaga na Trash Chic, Luva A.rolê, Saia Zara

 

Brincos Ornare, Luvas A.Rolê, Trench Coat Prada, Sutiã Intimissimi, Calça Tjurs, Meia Wolford, Sapato Louis Vuitton

 

Brincos Ornare, Sutiã Intimissimi, Luvas A.ROLÊ, Calça Michelly X, Sapato Louis Vuitton

 

Brincos Ornare, Sutiã Intimissimi, Luvas A.ROLÊ, Calça Michelly X, Sapato Louis Vuitton

 

Brincos Ornare,Colar Louis Vuitton,Terno Burberry

 

Brincos Ornare, Sutiã Intimissimi, Luvas A.ROLÊ, Calça Michelly X, Sapato Louis Vuitton

 

Colar Louis Vuitton, Casaco Thierry Mugler na Trash Chic, Luvas A.Rolê, Vestido Diego Favaro, Meia calça Wolford, Sapato Miu Miu

Créditos da equipe:

Modelo : Cibele Ramm @cibeleramm
Foto : Jeff Segenreich @studiosegenreich
Assistente de Foto : Victor Cazuza @victor_cazuza
Styling : Fernando Batista @fehbatista
Producao de moda : David Albuquerque @davidwaa
Beleza: Lucas Lisboa @lucaslisboabeauty
Ediçao e Design : Leonardo Pimenta @pimentaleo
QUEM ESCREVE
Nelize Dezzen
| Team GE
VER COMENTÁRIOS / COMENTAR
COMPARTILHAR
GOSTOU?
0

Análises sobre a importância de Malcolm X por Rafael Silvério

19/02/21 #GEnaResenha | Por Nelize Dezzen

Texto por Rafael Silvério 

Ontem eu vi o lindíssimo filme da Amazon Prime Video, chamado “Uma Noite em Miami,  que marca a estreia de Regina King na direção e que foi baseado na peça teatral homônima escrita por Kemp Powers (autor também do roteiro da adaptação cinematográfica). O longa registra um encontro de grandes nomes na cultura negra: o cantor Sam Cooke, o boxeador Muhammad Ali, jogador de futebol e ator Jim Brown e o líder fundador da Organização da Unidade Afro – Americana – Al Hajj Malik Al-Shabazz e é esse o nosso protagonista hoje.

Eu nunca entendi a obra de Malcolm X e sua força motriz, pois fora uma figura estereotipa por uma branquitude que achou maneiras de desligitimar suas falas o categorizando como extremista afim que nossos irmãos nunca acessassem a reflexão que ele tanto divulgava, subjugando-o como “negro raivoso”

Raivosa mesmo foi a maneira que X morreu. Ele foi brutalmente assassinato com 14 tiros, diante de uma plateia do, de três de suas quatro filhas e de esposa, em 21 de fevereiro de 1965. Os veículos de imprensa branca até hoje deslegitimam suas ideias, popularizando discursos mais brandos que ignoram a indignação dos oprimidos. Eu, como um negro que sofreu anos de silenciamento, consigo me reconhecer nessas falas cheias de verdades duras que inflam a reação dos negros a reagirem de forma afirmativa contra branquitude opressora como forma de auto defesa.

 Seus discursos sempre foram incisivos, incômodos, nítidos como água que filtra todas matérias escusas e até hoje reverberam de maneira a ampliar o campo de visão para nossa história e a violência que assistimos em silêncio sem nunca nos rebelamos contra quem se beneficia com a estrutura. Essa emancipação do pensamento só acontece com os livros, assim como o letramento salvou a sua mente, trazendo foco e potência para o jovem “Little” que mais tarde iria se converter a Nação Islã, após uma passagem de 10 anos na cadeia por causa de pequenos delitos e anti-religiosas em Boston.

Sendo atuante dentro do Islã, e ministrando discursos contra hegemonia branca catapultou suas popularidade e fez dos seus  ideais chamariz de  atenção negativa dos brancos supremacistas da sociedade americana da época,  que o viram como inimigo número um, pois o conhecimento é o  “Calcanhar de Aquiles” para o enfraquecimento da aparelhagem racista.

Malcolm é até hoje necessário, sobretudo no que diz respeito sobre a autoestima da população negra, que é lesada por uma sistemática impositiva. Ao revisitar suas falas nos últimos dias, me peguei em prantos, e ao mesmo tempo fui estimulado a exponenciar minha potência máxima e não me submeter as mazelas que antes me pareciam grilhões inquebráveis para mim.

Qualquer pessoa negra que se imponha com um discurso é mais assertivo, é visto como uma ameaça para branquitude que aciona sua fragilidade branca que os protege na finalidade protecionista para com seus privilégios, a fim de  isolar e  silenciar o despertar de seus iguais. Essa foi a forma que os homens brancos fundaram o capitalismo, em cima do sangue e suor do meus antepassados e dos meus irmãos contemporâneos, o conhecimento maior desse mecanismo permite que nós negros tracemos estratégias de sobrevivência na experiência danosa com o Racismo. Todas as vezes que brecarmos esse sistema , ele encontra outra forma de manifestação. Então é preciso fazer esse exercício de forma incansável, e é dever de todos para que não caiamos em uma “Color Blindess” ou, em tradução livre, neutralidade racial, que faz com que muitos usem seu privilégio para uma não posição. Essa linha que X nos desenha deixa nítido que todos os que não se opõem contra o racismo estão a favor do ambiente, e quando o ambiente é racista, a omissão é alimento para o fortalecimento desse espaço despótico.

Hoje ao refletir sobre 56º aniversário de Morte do Malcolm, só posso lamentar que ainda vivamos em situações tão ou mais difíceis de quando ele nos deixou, vislumbrar quanta dor ainda temos que tolerar em prol do mínimo de dignidade e resgate da nossa honra como raça, como clã. Em “ Dont Hurt Youself “ feat com Jack White  do Álbum Lemonade de Beyoncé ,lançado em 2016, podemos ouvir uma citação no qual ela canta  “Bad motherfucker, God complex/ Motivate your ass, call me Malcolm X “ em cima de um sample de “When the Levee Breaks” do Led Zeppeling de 1971.

Seria um recado de uma mulher “furiosa” traída como indagou os de  imprensas brancos? Ou uma grande e incisiva mensagem consistente e insolente para os arquitetos dessa índole?

QUEM ESCREVE
Nelize Dezzen
| Team GE
VER COMENTÁRIOS / COMENTAR
COMPARTILHAR
GOSTOU?
+1
+1
h
comentários
25/02/21
#GEnaResenha
Drink refrescante e bem brasileiro com Taís Araujo e Tônica Antarctica
0
h
comentários
19/02/21
Editorial
A moda dos anos 80 foi tema de editorial lindo de Fernando Batista
+1
h
comentários
#GEnaResenha
Análises sobre a importância de Malcolm X por Rafael Silvério
+1
h
comentários
09/02/21
#GEnaResenha
BBB21: Você sabe o que é violência psicológica e o que ela causa?
+1
h
comentários
05/02/21
#GEnaResenha
Cidade Invisível: saiba mais da incrível série com folclore brasileiro da Netflix
+1
h
comentários
04/02/21
#GEnaResenha
Conheça 4 mulheres pretas que marcaram a história
EDITORIAL
MODA
|
BELEZA
|
LIFESTYLE
CAMILA COUTINHO
Camila Coutinho criou o Garotas Estúpidas, primeiro blog de moda brasileiro, em 2006. De lá pra cá, a recifense virou referência no mercado nacional e internacional: em 2015 integrou a seleção “30 under 30” da Forbes Brasil e em 2017 entrou para a seleta lista BoF500 do site britânico Business of Fashion, que elege as personalidades que estão fazendo a diferença no mundo da moda; no ano seguinte lançou seu primeiro livro, “Estúpida, Eu?”, pela editora Intrínseca
j
Voltar ao Topo