Escolha uma opção de navegação: Blog/ Site
Escolha sua navegação: Site / Blog
03 out 2017 - Por Andressa Fernandes
Comentários

Estampas de páginas de jornais e revistas não são novidade, a moda sempre gostou desse recurso para dar um toque engraçadinho às suas criações (a coleção de John Galliano para a Dior lá em 2000 + looks de Carrie Bradshaw estão aqui para provar)! Mas na temporada de desfiles que se encerra hoje em Paris elas apareceram tanto (e com motivos que vão além de ser apenas ser um item divertido) que merecem a manchete!

Em NY os jornais deram as caras nos desfiles de Helmut Lang, Assembly e LRS, entre outros. Para a Vogue americana esse foi o modo que os estilistas encontraram para protestar contra os ataques de Donald Trump à imprensa, dando um (bem-vindo) descanso às camisetas com frases de efeito, hit nos desfiles da última temporada.

Na Balenciaga, as camisas e blusas com a estampa de jornal se juntaram a itens como Crocs com plataformas para dar mais leveza à coleção de inspiração um pouco sombria. “Moda é um reflexo do modo como vivemos. Eu queria passar esse sentimento de que algo perigoso vai acontecer”, disse Demna Gvasalia sobre o desfile à Vogue. Bom, se é reflexo de nosso tempo e estamos vivendo justamente esse momento em que recebemos uma avalanche de informação por todos os lados, nada mais representativo, né?

Partindo para um lado mais fun, capas de revistas ajudaram a contar a história de sucesso da Versace em vestidos e macacões extravagantes. O desfile todo foi uma homenagem de Donatella ao irmão Gianni, morto há 20 anos, e as estampas relembraram uma das mais célebres coleções do italiano, Pop-Art, de 1991:

Na Off-White, revistas como People, Time e Life entraram em cena para compor a coleção de Virgil Abloh inspirada na Princesa Diana, um lembrete da obsessão da mídia por Lady Di. As clutches logo viraram candidatas a hit no street style (quer acessório que combine melhor com a “era dos 15 minutos de fama” do que esse com a logomarca das revistas de celebridades?! hehe):

Aliás, antes mesmo de vermos o desfile Bella Hadid já apareceu usando a dela…

…e alguns dias antes Kendall Jenner foi vista com uma clutch vintage que imita uma revista dobrada (mais um item que Carrie já tinha usado em Sex and the City e Rihanna também já tinha apostado há uns bons aninhos). Não dá pra negar que esses acessórios trazem uma ironia divertida no caso delas né? Bella, Kendall, Gigi e cia. são assuntos recorrentes em veículos como esses (e certamente elas não são fãs de todas as matérias que são publicadas neles), mas ao saírem desfilando por aí com o logo da People é quase como se dissessem “tô nem aí…”.

E bom, é aquela coisa: se elas usaram já sabe, o babado danewswear trend” é forte mesmo! Soma-se a isso o poder do tal “inconsciente coletivo”: curioso ver como cada marca apostou nesse recurso de uma forma coerente com a história que estava sendo contada na passarela, não era a estampa pela estampa simplesmente! Pra ficar de olho!

  • E aí, curtiram essa “newswear trend”?

 

Extra! Jornais e revistas bombaram nas passarelas – Bella e Kendall já aprovaram a tendência!

03 out 2017
- Por Andressa Fernandes
Comentários

Estampas de páginas de jornais e revistas não são novidade, a moda sempre gostou desse recurso para dar um toque engraçadinho às suas criações (a coleção de John Galliano para a Dior lá em 2000 + looks de Carrie Bradshaw estão aqui para provar)! Mas na temporada de desfiles que se encerra hoje em Paris elas apareceram tanto (e com motivos que vão além de ser apenas ser um item divertido) que merecem a manchete!

Em NY os jornais deram as caras nos desfiles de Helmut Lang, Assembly e LRS, entre outros. Para a Vogue americana esse foi o modo que os estilistas encontraram para protestar contra os ataques de Donald Trump à imprensa, dando um (bem-vindo) descanso às camisetas com frases de efeito, hit nos desfiles da última temporada.

Na Balenciaga, as camisas e blusas com a estampa de jornal se juntaram a itens como Crocs com plataformas para dar mais leveza à coleção de inspiração um pouco sombria. “Moda é um reflexo do modo como vivemos. Eu queria passar esse sentimento de que algo perigoso vai acontecer”, disse Demna Gvasalia sobre o desfile à Vogue. Bom, se é reflexo de nosso tempo e estamos vivendo justamente esse momento em que recebemos uma avalanche de informação por todos os lados, nada mais representativo, né?

Partindo para um lado mais fun, capas de revistas ajudaram a contar a história de sucesso da Versace em vestidos e macacões extravagantes. O desfile todo foi uma homenagem de Donatella ao irmão Gianni, morto há 20 anos, e as estampas relembraram uma das mais célebres coleções do italiano, Pop-Art, de 1991:

Na Off-White, revistas como People, Time e Life entraram em cena para compor a coleção de Virgil Abloh inspirada na Princesa Diana, um lembrete da obsessão da mídia por Lady Di. As clutches logo viraram candidatas a hit no street style (quer acessório que combine melhor com a “era dos 15 minutos de fama” do que esse com a logomarca das revistas de celebridades?! hehe):

Aliás, antes mesmo de vermos o desfile Bella Hadid já apareceu usando a dela…

…e alguns dias antes Kendall Jenner foi vista com uma clutch vintage que imita uma revista dobrada (mais um item que Carrie já tinha usado em Sex and the City e Rihanna também já tinha apostado há uns bons aninhos). Não dá pra negar que esses acessórios trazem uma ironia divertida no caso delas né? Bella, Kendall, Gigi e cia. são assuntos recorrentes em veículos como esses (e certamente elas não são fãs de todas as matérias que são publicadas neles), mas ao saírem desfilando por aí com o logo da People é quase como se dissessem “tô nem aí…”.

E bom, é aquela coisa: se elas usaram já sabe, o babado danewswear trend” é forte mesmo! Soma-se a isso o poder do tal “inconsciente coletivo”: curioso ver como cada marca apostou nesse recurso de uma forma coerente com a história que estava sendo contada na passarela, não era a estampa pela estampa simplesmente! Pra ficar de olho!

  • E aí, curtiram essa “newswear trend”?

 

06 fev 2017 - Por Camila Coutinho
Comentários

Você pode não estar nem aí para futebol americano, mas é impossível ficar imune ao show do intervalo do Superbowl – principalmente se a artista em questão é Lady Gaga!

Após meses de mistério chegou o dia 05 de fevereiro e com ele a esperada performance durante a final da NFL em Houston, Texas, que não decepcionou com 13 minutos de hits (Bad Romance, Telephone, Poker Face, Born This Way, Just Dance e o mais recente Million Reasons), efeitos – Gaga “voou” e arrasou em cada segundo em que ficou suspensa por cabos – e looks!

Gaga usou três produções feitas exclusivamente para o show por Donatella Versace: começou com o body com ombreiras 80’s ultrabordado, depois entrou em cena a jaqueta dourada (BAFO!) e por fim a cantora ficou com hot pants e cropped de silicone no melhor clima sporty glam!

Todas as trocas feitas super rápidas e sem nenhum sufoco, algo crucial em um show como esse né? “A Versace não só sabe como fazer roupas funcionais, que de fato funcionem em uma performance, como também entregam o espetáculo visual que um palco como o do Superbowl merece”, comentou Brandon Maxwell à Vogue americana; o designer, que trabalha com Gaga há tempos, assinou o styling do show!

Sobre a inspiração para os looks, Brandon disse que foi uma celebração do que da primeira década da carreira de Gaga; vimos então referências ao clima Blade Runner, David Bowie e Michael Jackson, o que faz todo o sentido… Na coletiva de imprensa sobre o show a cantora comentou a influência do Rei do Pop em sua performance: “O show do Michael Jackson no Superbowl [em 1993] é uma das minhas lembranças mais queridas. Ele tem tudo que você ama em um grande ‘performer’. (…) Você o vê no palco e percebe como deve ser se sentir como um campeão, disse.

Outro destaque do visual foi, sem dúvidas, o make!

Gaga surgiu com essa máscara de cristais que logo atiçou nossos instintos de Carnaval! kkkk

O make foi criado por Sarah Tanno com produtos Marc Jacobs Beauty. “Minha inspiração foi… Gaga! Olhei para cada fase de sua carreira e criei algo que a representasse, desenvolvendo depois para algo novo. Queria que ela pudesse olhar para esse look daqui 10 anos e ainda achasse atemporal”, explicou para a Allure.

Anota aí os produtos-chave que a Tanno usou: sombra em bastão Pop Stick Eyeshadow (cor Au Revoir) como base + lápis lavanda cintilante Highliner Gel Crayon (cor Violet Femme) esfumado em todo o contorno dos olhos. Depois veio uma sombra ameixa para dar mais profundidade ao olhar e um tom lavanda mais suave na pálpebra para iluminar (da paleta The Tease Style Eye-Con No. 7).

O arsenal de make de Tanno! Foto: People

O dramático delineador gatinho foi feito com o lápis Highliner Gel cor Blacquer e a caneta delineadora Marc Jacobs Beauty Magic Marc’er Precision Pen Liquid Eyeliner, vieram então muitas camadas do rímel Velvet Noir e o lápis Matte Gel Eye Crayon na cor Pink Of Me na linha d’água. Nos lábios rolou a combinação do batom Le Marc cor Dashing com o gloss Enamored cor Hot Hot Hot!

O segundo make, sem a máscara de cristais, mas bafo também!!

Pra fechar, vale a pena ver de novo:

  • E foi isso! Gaga lacriane arrasou, não acharam? Conta aí o que mais curtiram do show dela!!

Lady Gaga no Superbowl: detalhes dos looks e make!

06 fev 2017
- Por Camila Coutinho
Comentários

Você pode não estar nem aí para futebol americano, mas é impossível ficar imune ao show do intervalo do Superbowl – principalmente se a artista em questão é Lady Gaga!

Após meses de mistério chegou o dia 05 de fevereiro e com ele a esperada performance durante a final da NFL em Houston, Texas, que não decepcionou com 13 minutos de hits (Bad Romance, Telephone, Poker Face, Born This Way, Just Dance e o mais recente Million Reasons), efeitos – Gaga “voou” e arrasou em cada segundo em que ficou suspensa por cabos – e looks!

Gaga usou três produções feitas exclusivamente para o show por Donatella Versace: começou com o body com ombreiras 80’s ultrabordado, depois entrou em cena a jaqueta dourada (BAFO!) e por fim a cantora ficou com hot pants e cropped de silicone no melhor clima sporty glam!

Todas as trocas feitas super rápidas e sem nenhum sufoco, algo crucial em um show como esse né? “A Versace não só sabe como fazer roupas funcionais, que de fato funcionem em uma performance, como também entregam o espetáculo visual que um palco como o do Superbowl merece”, comentou Brandon Maxwell à Vogue americana; o designer, que trabalha com Gaga há tempos, assinou o styling do show!

Sobre a inspiração para os looks, Brandon disse que foi uma celebração do que da primeira década da carreira de Gaga; vimos então referências ao clima Blade Runner, David Bowie e Michael Jackson, o que faz todo o sentido… Na coletiva de imprensa sobre o show a cantora comentou a influência do Rei do Pop em sua performance: “O show do Michael Jackson no Superbowl [em 1993] é uma das minhas lembranças mais queridas. Ele tem tudo que você ama em um grande ‘performer’. (…) Você o vê no palco e percebe como deve ser se sentir como um campeão, disse.

Outro destaque do visual foi, sem dúvidas, o make!

Gaga surgiu com essa máscara de cristais que logo atiçou nossos instintos de Carnaval! kkkk

O make foi criado por Sarah Tanno com produtos Marc Jacobs Beauty. “Minha inspiração foi… Gaga! Olhei para cada fase de sua carreira e criei algo que a representasse, desenvolvendo depois para algo novo. Queria que ela pudesse olhar para esse look daqui 10 anos e ainda achasse atemporal”, explicou para a Allure.

Anota aí os produtos-chave que a Tanno usou: sombra em bastão Pop Stick Eyeshadow (cor Au Revoir) como base + lápis lavanda cintilante Highliner Gel Crayon (cor Violet Femme) esfumado em todo o contorno dos olhos. Depois veio uma sombra ameixa para dar mais profundidade ao olhar e um tom lavanda mais suave na pálpebra para iluminar (da paleta The Tease Style Eye-Con No. 7).

O arsenal de make de Tanno! Foto: People

O dramático delineador gatinho foi feito com o lápis Highliner Gel cor Blacquer e a caneta delineadora Marc Jacobs Beauty Magic Marc’er Precision Pen Liquid Eyeliner, vieram então muitas camadas do rímel Velvet Noir e o lápis Matte Gel Eye Crayon na cor Pink Of Me na linha d’água. Nos lábios rolou a combinação do batom Le Marc cor Dashing com o gloss Enamored cor Hot Hot Hot!

O segundo make, sem a máscara de cristais, mas bafo também!!

Pra fechar, vale a pena ver de novo:

  • E foi isso! Gaga lacriane arrasou, não acharam? Conta aí o que mais curtiram do show dela!!
PERFIL
Camila Coutinho
MOST WANTED

Copyright © 2017 - garotasestupidas.com - Todos os direitos reservados
Designed and Created bt Condomínio Network
INSTAGRAM
Copyright © 2017 - garotasestupidas.com - Todos os direitos reservados | Designed and Created bt Condomínio Network