Escolha uma opção de navegação: Blog/ Site
Escolha sua navegação: Site / Blog
12 maio 2017 - Por Camila Coutinho
Comentários

Difícil pensar no estilo folk sem cair na mesmice, né? Mas a Dior conseguiu! Em sua coleção cruise, apresentada ontem à noite, a maison conseguiu trazer todo um frescor a essa proposta! Mas antes de falar da coleção em si vamos para a “experiência Dior” que envolveu todo o desfile…

Para recepcionar os convidados em Los Angeles alguns dias antes o clima era todo “california girl”, com um Surf Club cheio de atividades lúdicas à beira da praia; para o desfile a atmosfera mudou completamente, tendo como cenário a reserva natural do Cânion Las Virgenes, em Calabasas, onde tendas e balões personalizados ambientaram o desfile da coleção Dior Sauvage.

As tendas abrigavam esses grandes pufes com ponchos que esquentaram os convidados noite adentro! O desfile começou logo após o pôr-do-sol e  Solange Knowles fez um pocket show para encerrar o mega evento!

L.A. + DIOR, chuva de celebs na Fila A, claro!

 

Foto: @jeffthibodeauco

Los Angeles (e arredores) foi escolhida como destino dessa cruise collection como uma forma de celebrar os 60 anos da primeira visita de Christian Dior à cidade e ainda 50 anos de sua histórica primeira coleção de maiôs (fabricada na Califórnia!).

Já o tema Dior Sauvage vem das pinturas rupestres das cavernas de Lascaux, descobertas nos anos 1940. O resultado foram muitas peças de couro pintadas à mão, tons terrosos, tricôs étnicos, jacquards e franjas, mas esqueça o “jeito Coachella” desses elementos, já que aqui eles ganham uma interpretação mais delicada que tem tudo a ver com a estética de Maria Grazia Chiuri – ainda assim vale ressaltar que esta foi a coleção mais fora de sua zona de conforto na Dior até agora!

Sua proposta navajo artsy veio recheada de hits, mas repare também em como a estilista não esqueceu a clássica lady dior em composições com os clássicos blazers acinturados! Aliás, os cintos fininhos que arrematam boa parte das produções também ajudam a trazer essa memória ao longo do desfile!

Da proposta mais folk, no tom caramelo, fechado e com franjas, às opções em tricô combinadas com xadrez p&b, vestidos delicados e tênis (um jeito bem urbano de apostar na peça), o poncho veio como item-chave do desfile! Pra incorporar sem medo ao guarda-roupa de inverno!

E foi também chuva de acessórios-desejo, começando pelas “pulseiras de amizade”, como estão sendo chamados os braceletes usados em “arm party”! A combinação dos lenços (usados como bandanas) com os chapéus também promete inspirar muitos looks por aí –  e não só em festivais; a ideia ainda tem uma bela história por trás: era uma marca registrada da pintora americana Georgia O’Keefe, ícone de estilo e força feminina que inspira Maria Grazia Chiuri!

Nas bolsas, os modelos nessa pegada meio rocker que podem ser carregados como carteira dividem espaço com modelos clássicos que ganham personalidade com alças bem grossas!

Pra fechar, vestidos de festa! Assim como a transparência, a silhueta corset com as alças largas e saia em “A” que Maria Grazia Chiuri ama continuam, mas seu ar sporty com os “elásticos” de outras temporadas dá espaço às aplicações de pedras e tecidos mais delicados! De qualquer forma – mesmo nos vestidos mais rústicos – é aquele bloco do desfile que faz a gente suspirar!

  • Gostaram dessa cruise collection da Dior? Qual foi seu item favorito da coleção?

Dior Cruise: os hits, as celebs, o cenário incrível… tudo que você precisa saber!

12 maio 2017
- Por Camila Coutinho
Comentários

Difícil pensar no estilo folk sem cair na mesmice, né? Mas a Dior conseguiu! Em sua coleção cruise, apresentada ontem à noite, a maison conseguiu trazer todo um frescor a essa proposta! Mas antes de falar da coleção em si vamos para a “experiência Dior” que envolveu todo o desfile…

Para recepcionar os convidados em Los Angeles alguns dias antes o clima era todo “california girl”, com um Surf Club cheio de atividades lúdicas à beira da praia; para o desfile a atmosfera mudou completamente, tendo como cenário a reserva natural do Cânion Las Virgenes, em Calabasas, onde tendas e balões personalizados ambientaram o desfile da coleção Dior Sauvage.

As tendas abrigavam esses grandes pufes com ponchos que esquentaram os convidados noite adentro! O desfile começou logo após o pôr-do-sol e  Solange Knowles fez um pocket show para encerrar o mega evento!

L.A. + DIOR, chuva de celebs na Fila A, claro!

 

Foto: @jeffthibodeauco

Los Angeles (e arredores) foi escolhida como destino dessa cruise collection como uma forma de celebrar os 60 anos da primeira visita de Christian Dior à cidade e ainda 50 anos de sua histórica primeira coleção de maiôs (fabricada na Califórnia!).

Já o tema Dior Sauvage vem das pinturas rupestres das cavernas de Lascaux, descobertas nos anos 1940. O resultado foram muitas peças de couro pintadas à mão, tons terrosos, tricôs étnicos, jacquards e franjas, mas esqueça o “jeito Coachella” desses elementos, já que aqui eles ganham uma interpretação mais delicada que tem tudo a ver com a estética de Maria Grazia Chiuri – ainda assim vale ressaltar que esta foi a coleção mais fora de sua zona de conforto na Dior até agora!

Sua proposta navajo artsy veio recheada de hits, mas repare também em como a estilista não esqueceu a clássica lady dior em composições com os clássicos blazers acinturados! Aliás, os cintos fininhos que arrematam boa parte das produções também ajudam a trazer essa memória ao longo do desfile!

Da proposta mais folk, no tom caramelo, fechado e com franjas, às opções em tricô combinadas com xadrez p&b, vestidos delicados e tênis (um jeito bem urbano de apostar na peça), o poncho veio como item-chave do desfile! Pra incorporar sem medo ao guarda-roupa de inverno!

E foi também chuva de acessórios-desejo, começando pelas “pulseiras de amizade”, como estão sendo chamados os braceletes usados em “arm party”! A combinação dos lenços (usados como bandanas) com os chapéus também promete inspirar muitos looks por aí –  e não só em festivais; a ideia ainda tem uma bela história por trás: era uma marca registrada da pintora americana Georgia O’Keefe, ícone de estilo e força feminina que inspira Maria Grazia Chiuri!

Nas bolsas, os modelos nessa pegada meio rocker que podem ser carregados como carteira dividem espaço com modelos clássicos que ganham personalidade com alças bem grossas!

Pra fechar, vestidos de festa! Assim como a transparência, a silhueta corset com as alças largas e saia em “A” que Maria Grazia Chiuri ama continuam, mas seu ar sporty com os “elásticos” de outras temporadas dá espaço às aplicações de pedras e tecidos mais delicados! De qualquer forma – mesmo nos vestidos mais rústicos – é aquele bloco do desfile que faz a gente suspirar!

  • Gostaram dessa cruise collection da Dior? Qual foi seu item favorito da coleção?
05 jan 2016 - Por Camila Coutinho
Comentários

TOPO-GTLmelissa

Esse Get The Look é um pouco diferente do que estão acostumadas a ver por aqui, já que estamos falando de uma personagem de novela (interpretada por Paolla Oliveira), e não de uma pessoa real… Mas é que tava morrendo de vontade de falar um pouco sobre o look boho/folk que a Melissa assumiu após a virada de fase da novela Além do Tempo!

É um visual tão atual – esse universo 70’s tem servido de inspiração para Valentino, Chloé, Luis Vuitton, entre tantas outras grifes… – que sem dúvidas seguirá como referência mesmo depois do fim da novela! Quer ver só?

MELISSA-alemdotempo1

Se na primeira fase o batom de Melissa virou febre, quando a novela passou para os dias atuais os coletes de crochê é que ganharam bastante destaque! Combinados com vestidos, calças, saias e blusas, eles aparecem em quase todos os looks, sempre com um desenho super rico nas tramas, o que dá um ar mais sofisticado à produção rústica.

“Eu diria que ela é mais folk, menos boho porque não é tão urbana. Não me inspirei em ninguém, foi tudo concebido na minha cabeça”, contou a figurinista Natalia Duran. “Essa menina folk existe de verdade, a Paolla, por exemplo, amou este visual e me ajudou com muitas peças, trouxe inclusive coisas dela, como uma calça”, revelou.

A figurinista inclusive lembra que Melissa é uma vilã leve (muitas vezes tipo miga sua bem loca kkk), e por isso as peças coloridas e claras não foram descartadas. Os looks são pontuados por estampas paisley aqui e ali, mas em geral dá pra dizer que ela é uma “folk básica”, sem os exageros de clash de estampas e tal. Boa inspiração pra quem busca um look 70’s com ar mais adulto!

MELISSA-alemdotempo2

Falando em estilo folk/boho, não dá pra não pensar em peças mega confortáveis, e aí entram em cena vestidos-bata, blusas soltinhas e na modelagem ciganinha – tudo sem perder o toque feminino com detalhes como a fluidez dos tecidos, bordados e a barriga de fora.

Reparou que não há saias longas nos looks da Melissa? Não é por acaso! “Evitamos isso porque a Paolla já usou essa peça em muitos momentos da carreira [tipo na novela Amor à Vida, lembram?]. Em vez disso, investimos em uma saia com corte assimétrico, com mullet atrás”, comenta Natalia.

Melissa também se destaca bastante por seus acessórios, um belo mix de pulseiras coloridas e seu inseparável cordão de couro (da Junia Machado). Esse cuidado com os destalhes, aliás, é um bom jeito de apostar na moda 70’s. Agora, se quiser investir em algumas peças inspiradas nesse look da Melissa, tenha em mente esse Top 3:

1. calça flare (há quantos e quantos anos não falamos dela né? Fora que faz maravilhas pelo corpo!)

2. blusa ciganinha (ou ombro a ombro), que promete ser uma das it peças desse verão

3. colete de crochê bem trabalhado, pois coloca mesmo o look t-shirt + jeans no clima, fora que pode ser usado até como uma saída de praia mais elaborada!

  • Gostaram das dicas? Quem aí também curte o visual folk da Melissa?

Get The Look: o visual boho/folk da Melissa de ‘Além do Tempo’

05 jan 2016
- Por Camila Coutinho
Comentários

TOPO-GTLmelissa

Esse Get The Look é um pouco diferente do que estão acostumadas a ver por aqui, já que estamos falando de uma personagem de novela (interpretada por Paolla Oliveira), e não de uma pessoa real… Mas é que tava morrendo de vontade de falar um pouco sobre o look boho/folk que a Melissa assumiu após a virada de fase da novela Além do Tempo!

É um visual tão atual – esse universo 70’s tem servido de inspiração para Valentino, Chloé, Luis Vuitton, entre tantas outras grifes… – que sem dúvidas seguirá como referência mesmo depois do fim da novela! Quer ver só?

MELISSA-alemdotempo1

Se na primeira fase o batom de Melissa virou febre, quando a novela passou para os dias atuais os coletes de crochê é que ganharam bastante destaque! Combinados com vestidos, calças, saias e blusas, eles aparecem em quase todos os looks, sempre com um desenho super rico nas tramas, o que dá um ar mais sofisticado à produção rústica.

“Eu diria que ela é mais folk, menos boho porque não é tão urbana. Não me inspirei em ninguém, foi tudo concebido na minha cabeça”, contou a figurinista Natalia Duran. “Essa menina folk existe de verdade, a Paolla, por exemplo, amou este visual e me ajudou com muitas peças, trouxe inclusive coisas dela, como uma calça”, revelou.

A figurinista inclusive lembra que Melissa é uma vilã leve (muitas vezes tipo miga sua bem loca kkk), e por isso as peças coloridas e claras não foram descartadas. Os looks são pontuados por estampas paisley aqui e ali, mas em geral dá pra dizer que ela é uma “folk básica”, sem os exageros de clash de estampas e tal. Boa inspiração pra quem busca um look 70’s com ar mais adulto!

MELISSA-alemdotempo2

Falando em estilo folk/boho, não dá pra não pensar em peças mega confortáveis, e aí entram em cena vestidos-bata, blusas soltinhas e na modelagem ciganinha – tudo sem perder o toque feminino com detalhes como a fluidez dos tecidos, bordados e a barriga de fora.

Reparou que não há saias longas nos looks da Melissa? Não é por acaso! “Evitamos isso porque a Paolla já usou essa peça em muitos momentos da carreira [tipo na novela Amor à Vida, lembram?]. Em vez disso, investimos em uma saia com corte assimétrico, com mullet atrás”, comenta Natalia.

Melissa também se destaca bastante por seus acessórios, um belo mix de pulseiras coloridas e seu inseparável cordão de couro (da Junia Machado). Esse cuidado com os destalhes, aliás, é um bom jeito de apostar na moda 70’s. Agora, se quiser investir em algumas peças inspiradas nesse look da Melissa, tenha em mente esse Top 3:

1. calça flare (há quantos e quantos anos não falamos dela né? Fora que faz maravilhas pelo corpo!)

2. blusa ciganinha (ou ombro a ombro), que promete ser uma das it peças desse verão

3. colete de crochê bem trabalhado, pois coloca mesmo o look t-shirt + jeans no clima, fora que pode ser usado até como uma saída de praia mais elaborada!

  • Gostaram das dicas? Quem aí também curte o visual folk da Melissa?
PERFIL
Camila Coutinho
MOST WANTED

Copyright © 2017 - garotasestupidas.com - Todos os direitos reservados
Designed and Created bt Condomínio Network
INSTAGRAM
Copyright © 2017 - garotasestupidas.com - Todos os direitos reservados | Designed and Created bt Condomínio Network