Escolha uma opção de navegação: Blog/ Site
Escolha sua navegação: Site / Blog
13 jun 2017 - Por Andressa Fernandes
Comentários

Semana passada falamos sobre as extensões de cílios aqui, mas já reparou que ao mesmo tempo em que destacar o olhar é o desejo de muita gente a ideia de não usar nem mesmo uma camadinha de rímel também tem ganhado cada vez mais espaço?

Foi uma das grandes apostas de beleza nas últimas fashion weeks, e agora esse visual totalmente fresh também está chamando a atenção em capas de revistas mundo afora (até mesmo em uma publicação de beleza, a Allure!).

No red carpet isso vem aparecendo aos poucos: Uma Thurman (não) usou lá em 2015, e hoje nem é só com Alicia Keys (que rendeu muitas manchetes ao defender seu direito de usar maquiagem quando bem entender, não quando esperam isso dela); Lea Michele também foi assim no Grammy, mas com um make todo caprichado no resto (segundo seu maquiador, a opção por não usar máscara era para destacar a cor da sombra!).

Alicia Keys, Lea Michele, Bianca Balti e Uma Thurman

“Sem máscara de cílios mesmo o único lugar que vejo funcionando de verdade é na passarela, mas lá tem o contexto de uma modelo com a pele jovem, a luz, a roupa, o cabelo… tem todo um aparato que sustenta essa imagem mais conceitual, o mesmo para uma capa de revista ou até uma celebridade”, comenta Fabiana Gomes, Senior Artist da M.A.C. aqui no Brasil.

“O que sinto é que para a mulher real, sem máscara total (e isso falo por experiência própria, porque já quis aderir a isso) você pode ficar com um olhar de peixe morto, meio caído, sabe? Seguir literalmente qualquer tendência de passarela ou de revista pode ser complicado”, completa.

Isso, claro, não significa que a gente precisa sair com aquele cilião de boneca sempre! Assim como acontece com o “make de bonita” (aquele look que tem uns 15 passos justamente para dar a impressão de que não se está usando maquiagem!) o “cílio nada” também pode ser conseguido com um truquezinho: capriche no curvex e então aplique a máscara só na raiz. “Quem tem os cílios clarinhos pode usar o marrom; fios mais escuros, o preto. E aí só de passar na raiz já dá o efeito de uma linha bem leve, é suficiente para dar uma ‘empinada’ no olhar”, ensina Fabi.

Ao deixar os cílios mais suaves você pode apostar em outros pontos marcantes da maquiagem, um equilíbrio que apareceu bastante nos looks da passarela:

“O grande truque hoje em dia é pensar em um make em que não dá para identificar o que se está usando de maquiagem. Nisso vem então base, corretivo, um blush que imite o rubor natural, uma sobrancelha organizada, mas sem cara de produto. São várias interferências meio que invisíveis”, comenta Fabi.

“Acho que isso é uma das maiores tendências do momento, o que, aliás, é uma sabedoria, de se respeitar e usar uma maquiagem que te valorize, mas não te transforme demais. Nada contra, e maquiagem justamente é muito legal porque você pode se divertir muito se transformando. Mas é importante também conviver com seu próprio rosto, e essa aposta tão fresh vem quase como um protesto contra os excessos, conclui.

Para apostar nos “cílios nada”:

  • E aí, vocês conseguem deixar o rímel de lado na hora do make?

Make sem rímel? Tá bombando nas passarelas e, acredite, tem truquezinho para apostar!

13 jun 2017
- Por Andressa Fernandes
Comentários

Semana passada falamos sobre as extensões de cílios aqui, mas já reparou que ao mesmo tempo em que destacar o olhar é o desejo de muita gente a ideia de não usar nem mesmo uma camadinha de rímel também tem ganhado cada vez mais espaço?

Foi uma das grandes apostas de beleza nas últimas fashion weeks, e agora esse visual totalmente fresh também está chamando a atenção em capas de revistas mundo afora (até mesmo em uma publicação de beleza, a Allure!).

No red carpet isso vem aparecendo aos poucos: Uma Thurman (não) usou lá em 2015, e hoje nem é só com Alicia Keys (que rendeu muitas manchetes ao defender seu direito de usar maquiagem quando bem entender, não quando esperam isso dela); Lea Michele também foi assim no Grammy, mas com um make todo caprichado no resto (segundo seu maquiador, a opção por não usar máscara era para destacar a cor da sombra!).

Alicia Keys, Lea Michele, Bianca Balti e Uma Thurman

“Sem máscara de cílios mesmo o único lugar que vejo funcionando de verdade é na passarela, mas lá tem o contexto de uma modelo com a pele jovem, a luz, a roupa, o cabelo… tem todo um aparato que sustenta essa imagem mais conceitual, o mesmo para uma capa de revista ou até uma celebridade”, comenta Fabiana Gomes, Senior Artist da M.A.C. aqui no Brasil.

“O que sinto é que para a mulher real, sem máscara total (e isso falo por experiência própria, porque já quis aderir a isso) você pode ficar com um olhar de peixe morto, meio caído, sabe? Seguir literalmente qualquer tendência de passarela ou de revista pode ser complicado”, completa.

Isso, claro, não significa que a gente precisa sair com aquele cilião de boneca sempre! Assim como acontece com o “make de bonita” (aquele look que tem uns 15 passos justamente para dar a impressão de que não se está usando maquiagem!) o “cílio nada” também pode ser conseguido com um truquezinho: capriche no curvex e então aplique a máscara só na raiz. “Quem tem os cílios clarinhos pode usar o marrom; fios mais escuros, o preto. E aí só de passar na raiz já dá o efeito de uma linha bem leve, é suficiente para dar uma ‘empinada’ no olhar”, ensina Fabi.

Ao deixar os cílios mais suaves você pode apostar em outros pontos marcantes da maquiagem, um equilíbrio que apareceu bastante nos looks da passarela:

“O grande truque hoje em dia é pensar em um make em que não dá para identificar o que se está usando de maquiagem. Nisso vem então base, corretivo, um blush que imite o rubor natural, uma sobrancelha organizada, mas sem cara de produto. São várias interferências meio que invisíveis”, comenta Fabi.

“Acho que isso é uma das maiores tendências do momento, o que, aliás, é uma sabedoria, de se respeitar e usar uma maquiagem que te valorize, mas não te transforme demais. Nada contra, e maquiagem justamente é muito legal porque você pode se divertir muito se transformando. Mas é importante também conviver com seu próprio rosto, e essa aposta tão fresh vem quase como um protesto contra os excessos, conclui.

Para apostar nos “cílios nada”:

  • E aí, vocês conseguem deixar o rímel de lado na hora do make?
07 jun 2017 - Por Camila Coutinho
Comentários

Um olhar poderoso todos os dias, sem nem precisar usar um tiquinho de rímel sequer? A extensão de cílios tem se tornado cada vez mais popular aqui no Brasil – inclusive entre as famosas! -, mas junto com isso também tem gerado muitas dúvidas!

Por isso então chamamos Monique Marques, fundadora da Lash Design, para esclarecer tudooo nesse Pergunte ao Expert! A mineira trabalha com extensão já há oito anos, desde que era aeromoça, e hoje é responsável – além do meu! hehe – pelo olhar marcante de Tais Araújo, Fernanda Lima, Paula Fernandes, entre outras. Confira:

1. COMO É FEITA A EXTENSÃO DE CÍLIOS?

Eu, Fernanda Lima, Tais Araújo, Paula Fernandes, Nanda Keulla e Renata França

Em geral são usadas três técnicas:

Clássica: é colocado um fio sintético ou de seda para cada fio natural; o procedimento leva entre uma hora e meia, duas horas (é a que foi utilizada no meu)

Volume Russo moderado: é colocado de dois a quatro fios em cada fio natural (Fernanda Lima, Tais Araujo, Paula Fernandes e Renata França usam este)

Volume Russo full: são cinco fios para cada cílio natural. Tanto este quanto o moderado levam cerca de duas horas e meia para serem feitos (é o da Fernanda Keulla)

ps.: Monique contou que trabalha também com uma técnica híbrida, que mescla a clássica com o volume moderado, ou seja, é uma mistura para alongar e preencher com um efeito mais natural!

Cada fio é colado cuidadosamente com uma pinça a 0,5mm da raiz de cada cílio natural. Para tanto, é utilizada uma cola – é importante se certificar com o profissional de que seja totalmente livre de formaldeído e látex. Também conte com ele para decidir qual tipo de extensão fazer: “Trabalhamos a simetria e visagismo como um todo, analisamos o tom de voz, o dia a dia e identificamos qual o melhor design para o perfil de cada pessoa”, comenta Monique.

Tomando os devidos cuidados (veja mais adiante no post), você segue sua vida normalmente. Os cílios não devem pesar e nem incomodar, a aplicação também não deve causar dor.

2. DO QUE SÃO FEITOS OS CÍLIOS?

Há três tipos mais comuns: Mink (com pelos do animal), Faux Mink (sintéticos de poliéster, que imitam as propriedades do primeiro) e Seda (por serem mais leves e flexíveis são recomendados para quem tem cílios naturais fracos, como pessoas mais velhas).

Além de considerar a questão da proteção aos animais o segundo tem sido o tipo mais utilizado porque também possibilita uma grande variedade de comprimentos, diâmetros e curvaturas. Tanto com ele quanto com o de seda não é preciso usar curvex ou máscara para deixar os cílios power!

Os cílios da Borboleta Beauty

dica extra: “Fique atenta: pessoas que não são especializadas na técnica de volume podem usar fios mais grossos para criar este visual; isto causa danos aos fios naturais, sem falar que o resultado não é legal”, avisa Monique.

3. E DEPOIS, COMO É A MANUTENÇÃO?

Monique explica que nossos fios têm um ciclo de crescimento que varia entre 21 e 90 dias. “Nesse período eles caem aleatoriamente, por essa razão recomendamos manutenções entre 3 e 4 semanas para não perder a beleza da técnica completa”.

Nas primeiras 48 horas após o procedimento é recomendado evitar água quente e vapor para assegurar o melhor desempenho da cola. Sempre que molhar os fios é preciso secar bem (com papel toalha ou uma toalha lisa, que não tenha pelinhos que enganchem e acabem puxando nos cílios) e depois penteá-los com uma escovinha (como aquelas que usamos para pentear a sobrancelha, provavelmente o profissional poderá te fornecer uma). Na hora de tirar a maquiagem, prefira produtos sem óleo (pois eles danificam a cola), lencinhos removedores são uma boa opção!

É importante não esfregar os cílios e evitar o uso de máscara. “Ela resseca os fios e diminuem seu tempo de vida útil”, comenta Monique, que também dá a dica: quando sentir que precisa passar rímel é sinal de que tá na hora da manutenção! Se bem cuidados, é possível ter cílios bonitos por cerca de 3 a 4 semanas, sem manutenção.

Olha o antes e depois da Tais Araujo!

3. HÁ RESTRIÇÕES?

“Pessoas que usam lentes de contato não têm contraindicação alguma. Pessoas alérgicas precisam ligar o alerta, pois se têm o costume de coçar e esfregar muitos os olhos podem não se adaptar bem à técnica”, indica Monique.

Tomando os devidos cuidados anteriores você pode inclusive ir à praia, piscina, normalmente… mas sempre observando se sentiu algum ardor.

E ah! Quem não se adapta não pode nunca arrancar sozinho os cílios! “Há uma técnica de remoção, com um produto próprio e adequado para fazer isso sem prejudicar os fios naturais”, explica Monique.

4. A EXTENSÃO PREJUDICA OS CÍLIOS NATURAIS?

“Quando bem aplicada por um profissional capacitado e experiente, não já risco de queda. As extensões vão caindo junto com o ciclo natural dos fios”, garante Monique. Para isso, é importante seguir os cuidados já citados e nunca arrancar os fios.

5. QUANTO CUSTA?

Fotos: Lash Design Monique Marques – saiba mais sobre os serviços e agendamentos no @lashdesignbymoniquemarques

Isso varia de acordo com a quantidade de fios que serão colocados; em média o valor fica entre R$ 290 e R$ 450. A manutenção tem esse preço reduzido (só é cobrado o valor cheio para um novo conjunto de extensões); para que conte como manutenção é preciso que a cliente ainda tenha ao menos 50% das extensões.

  • E é isso! Ficou mais alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

Pergunte ao Expert: dúvidas sobre extensão de cílios!

07 jun 2017
- Por Camila Coutinho
Comentários

Um olhar poderoso todos os dias, sem nem precisar usar um tiquinho de rímel sequer? A extensão de cílios tem se tornado cada vez mais popular aqui no Brasil – inclusive entre as famosas! -, mas junto com isso também tem gerado muitas dúvidas!

Por isso então chamamos Monique Marques, fundadora da Lash Design, para esclarecer tudooo nesse Pergunte ao Expert! A mineira trabalha com extensão já há oito anos, desde que era aeromoça, e hoje é responsável – além do meu! hehe – pelo olhar marcante de Tais Araújo, Fernanda Lima, Paula Fernandes, entre outras. Confira:

1. COMO É FEITA A EXTENSÃO DE CÍLIOS?

Eu, Fernanda Lima, Tais Araújo, Paula Fernandes, Nanda Keulla e Renata França

Em geral são usadas três técnicas:

Clássica: é colocado um fio sintético ou de seda para cada fio natural; o procedimento leva entre uma hora e meia, duas horas (é a que foi utilizada no meu)

Volume Russo moderado: é colocado de dois a quatro fios em cada fio natural (Fernanda Lima, Tais Araujo, Paula Fernandes e Renata França usam este)

Volume Russo full: são cinco fios para cada cílio natural. Tanto este quanto o moderado levam cerca de duas horas e meia para serem feitos (é o da Fernanda Keulla)

ps.: Monique contou que trabalha também com uma técnica híbrida, que mescla a clássica com o volume moderado, ou seja, é uma mistura para alongar e preencher com um efeito mais natural!

Cada fio é colado cuidadosamente com uma pinça a 0,5mm da raiz de cada cílio natural. Para tanto, é utilizada uma cola – é importante se certificar com o profissional de que seja totalmente livre de formaldeído e látex. Também conte com ele para decidir qual tipo de extensão fazer: “Trabalhamos a simetria e visagismo como um todo, analisamos o tom de voz, o dia a dia e identificamos qual o melhor design para o perfil de cada pessoa”, comenta Monique.

Tomando os devidos cuidados (veja mais adiante no post), você segue sua vida normalmente. Os cílios não devem pesar e nem incomodar, a aplicação também não deve causar dor.

2. DO QUE SÃO FEITOS OS CÍLIOS?

Há três tipos mais comuns: Mink (com pelos do animal), Faux Mink (sintéticos de poliéster, que imitam as propriedades do primeiro) e Seda (por serem mais leves e flexíveis são recomendados para quem tem cílios naturais fracos, como pessoas mais velhas).

Além de considerar a questão da proteção aos animais o segundo tem sido o tipo mais utilizado porque também possibilita uma grande variedade de comprimentos, diâmetros e curvaturas. Tanto com ele quanto com o de seda não é preciso usar curvex ou máscara para deixar os cílios power!

Os cílios da Borboleta Beauty

dica extra: “Fique atenta: pessoas que não são especializadas na técnica de volume podem usar fios mais grossos para criar este visual; isto causa danos aos fios naturais, sem falar que o resultado não é legal”, avisa Monique.

3. E DEPOIS, COMO É A MANUTENÇÃO?

Monique explica que nossos fios têm um ciclo de crescimento que varia entre 21 e 90 dias. “Nesse período eles caem aleatoriamente, por essa razão recomendamos manutenções entre 3 e 4 semanas para não perder a beleza da técnica completa”.

Nas primeiras 48 horas após o procedimento é recomendado evitar água quente e vapor para assegurar o melhor desempenho da cola. Sempre que molhar os fios é preciso secar bem (com papel toalha ou uma toalha lisa, que não tenha pelinhos que enganchem e acabem puxando nos cílios) e depois penteá-los com uma escovinha (como aquelas que usamos para pentear a sobrancelha, provavelmente o profissional poderá te fornecer uma). Na hora de tirar a maquiagem, prefira produtos sem óleo (pois eles danificam a cola), lencinhos removedores são uma boa opção!

É importante não esfregar os cílios e evitar o uso de máscara. “Ela resseca os fios e diminuem seu tempo de vida útil”, comenta Monique, que também dá a dica: quando sentir que precisa passar rímel é sinal de que tá na hora da manutenção! Se bem cuidados, é possível ter cílios bonitos por cerca de 3 a 4 semanas, sem manutenção.

Olha o antes e depois da Tais Araujo!

3. HÁ RESTRIÇÕES?

“Pessoas que usam lentes de contato não têm contraindicação alguma. Pessoas alérgicas precisam ligar o alerta, pois se têm o costume de coçar e esfregar muitos os olhos podem não se adaptar bem à técnica”, indica Monique.

Tomando os devidos cuidados anteriores você pode inclusive ir à praia, piscina, normalmente… mas sempre observando se sentiu algum ardor.

E ah! Quem não se adapta não pode nunca arrancar sozinho os cílios! “Há uma técnica de remoção, com um produto próprio e adequado para fazer isso sem prejudicar os fios naturais”, explica Monique.

4. A EXTENSÃO PREJUDICA OS CÍLIOS NATURAIS?

“Quando bem aplicada por um profissional capacitado e experiente, não já risco de queda. As extensões vão caindo junto com o ciclo natural dos fios”, garante Monique. Para isso, é importante seguir os cuidados já citados e nunca arrancar os fios.

5. QUANTO CUSTA?

Fotos: Lash Design Monique Marques – saiba mais sobre os serviços e agendamentos no @lashdesignbymoniquemarques

Isso varia de acordo com a quantidade de fios que serão colocados; em média o valor fica entre R$ 290 e R$ 450. A manutenção tem esse preço reduzido (só é cobrado o valor cheio para um novo conjunto de extensões); para que conte como manutenção é preciso que a cliente ainda tenha ao menos 50% das extensões.

  • E é isso! Ficou mais alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!
PERFIL
Camila Coutinho
MOST WANTED

Copyright © 2017 - garotasestupidas.com - Todos os direitos reservados
Designed and Created bt Condomínio Network
INSTAGRAM
Copyright © 2017 - garotasestupidas.com - Todos os direitos reservados | Designed and Created bt Condomínio Network