Alt+Shift+c Ir para o conteúdo Alt+Shift+m Ir para o menu Alt+Shift+b Ir para a busca Alt+Shift+f Ir para o roda-pé

Garotas Estúpidas por Camila Coutinho

bolsas

25 mar

2014

As bolsas e sapatos com estampa de emojis do Moda Operandi

por andressa fernandes

loafers-emoticons-modaoperandi1

Quase não dá pra lembrar como a gente conseguia se expressar sem emojis!! haha Pois o e-commerce de luxo Moda Operandi aposta tanto nos símbolos que tomaram conta do Insta e das conversas no Whatsapp que lança nesta quarta-feira (26.03) uma linha de clutches e loafers estampados com carinhas, corações, e por aí vai…




loafers-moda-operandi-emojis

Para criar as peças e levar os desenhos do mundo tech para a “vida real”, o site se uniu à marca americana de clutches Edie Parker e à Del Toro para os sapatos. Ficou geek e divertido, né? O único porém são mesmo os preços, que vão lá nas alturas: US$ 1.595 para as bolsas (todas em acrílico) e US$ 340 para os sapatos (de veludo). [insira emoticons de dinheiro batendo as asas aqui]
bolsas-emojis-moda-operandi

O Moda Operandi não entrega no Brasil, mas quem sabe logo não aparece uma coleção inspired mais acessível por aqui – que foi meio o que rolou com os famosos slippers de gatinho da Charlotte Olympia, lembram?!

  • E aí, usariam a coleção de bolsas e sapatos de Emojis?

Tags:


Comenta, fia:3
12 mar

2014

Descubra quais it bags rendem o melhor investimento!

por Camila

E não é que aquela desculpa de que comprar uma bela it béguis na verdade é um ótimo investimentoe não o contráriorealmente tem fundamento?! A constatação mara veio do papo com Sarah Davis, fundadora do Fashionphile.

O site existe desde 1999 e é um dos maiores do mundo em vender e comprar bolsas de luxo usadas, por isso da conversa com Sarah surgiram também vários outros fatos bem interessantes. Por exemplo, como começa o interesse por bags de luxo? Tipo aquela primeira vontadinha. Segundo as informações do site a americana Coach funciona como uma “porta de entrada” para as bolsas de luxo. Daí as compradoras vão para Louis Vuitton, geralmente alguma peça com monograma, depois para Chanel, “e antes que percebam estão desejando uma Hermès”, contou Sarah. OMG, como ela adivinhou?! kkkk

Dá uma olhada nesse resumo da ópera no “infobag” abaixo! kkk

infografico_bolsas

Interessante, né? O fato é que olhando dados de sites de compras como estes mais de perto deixa traçar um perfil bem real do comportamento dos consumidores, algo que é super valioso para as marcas. Por exemplo, apesar dessa “evolução” nas compras (muito ligada também ao poder econômico em questão), dá pra dizer também que rola uma grande fidelidade às grifes no mercado de luxo. “Tenho certeza que os empresários da Louis Vuitton ou Gucci ficariam encantados de ouvir que muitas pessoas são leais à marca. Elas querem uma marca especial, que fale com elas, e vão ficar com essa grife por um tempo”, disse Sarah.

Além disso, é possível estabelecer o tempo que uma peça que acabou de ser lançada leva para chegar às prateleiras do “brechó de luxo”. No caso do FP, não é raro que alguns itens cheguem ao site praticamente no mesmo dia em que aterrissam nas lojas. “Teve uma edição limitada da Louis Vuitton, a Stephen Sprouse Graffiti de rosas que já estavam todas esgotadas só na lista de espera. Uma de nossas clientes comprou assim, mas quando foi buscar não gostou. Ela trouxe pra gente e nós vendemos por um preço maior que o de varejo, porque era impossível de conseguir!”, revela Sarah. Essa rapidez acontece muito também com coleções de lojas de fast fashion em parceria com estilistas bombados, como foi o caso da Isabel Marant para H&M. Esgotou tudinho nas lojas, mas no mesmo dia já tinha quase que a coleção toda a precinhos mais valorizados no eBay!

Do lado de quem compra, como mostra o info aí em cima, observar esses sites ajuda a fazer um belo investimento (tipo analisar tabela de carro antes de comprar para ter a menor desvalorização possível depois): sua bolsa pode não só não perder muito de seu valor como quem sabe até mesmo aumentar os dígitos na hora da revenda!

“Digamos que você comprou uma Louis Vuitton Speedy 25 nos anos 80 por $ 250 (era este o preço!). A mesma bolsa é vendida hoje por $ 800! Mesmo se já estiver mais gasta, conseguiríamos vender por mais de $ 500, explica Sarah. Uau, hein? Olha as Becky Blooms pensando no bazar pra deixar as contas no azul! kkk

Cores, estilos e marcas atemporais são um investimento real. Ícones da Chanel, como a mini flap, a jumbo, Grand Shopping Tote e a Wallet on Chain são certeiros para isso. Você preservará seu investimento muito bem. O mesmo vale para os clássicos da Louis Vuitton”, enumera.

Dessa forma, os modelos mais maluquetes devem ficar de fora da lista de quem pensa na bolsa como um investimento. “As pessoas nos falam o tempo todo ‘paguei $ 2800 nessa baguette de couro de lagarto, como você pode vender por apenas $ 500?’ e nós dizemos: é isso que o mercado vai pagar! Se já tem a revenda em mente, você tem que comprar uma bolsa clássica”.

De modo geral, no top 5 das grifes mais procuradas no FP estão a Chanel, Louis Vuitton (Neverfull especialmente), Hermès (destaque para a Kelly), Céline e Goyard (St. Louis). Para checar a popularidade de tal marca, é possível ver também quais são as mais registradas na parte de alertas do site, ou seja, se chegou bolsa da grife X, você recebe um hello!

E o melhor é que o $$ que se ganha revendendo as bolsas pode se reverter em outras! kkk “É divertido ver o ciclo das bolsas. Depois de vender pra gente, a pessoa usa o dinheiro para comprar outra bolsa daqui mesmo. Aí usam essa por um tempo e então enviam de volta pra gente, compram outra bolsa… É incrível. Em um ano, nossa média é de duas bolsas por cliente”, comenta Sarah.

Do ponto de vista dos negócios, é interessante também checar os países que mais compram as bolsas de luxo usadas. No caso do FP, neste ranking estão EUA, Austrália, Canadá, Inglaterra e Cingapura. Surpresa ver tão pouco de Europa, né? Mas aí entram em cena os fatores econômicos, dificuldades na entrega e tudo aquilo mais que pode ajudar muito um investidor na hora de expandir seus negócios pelo mundo.

  • É isso, meninas! Curtiram saber mais sobre as bolsas como um investimento? Agora os boys não podem mais falar das nossas comprinhas! kkkkk 

Tags:


Comenta, fia:26
16 jan

2014

It bags customizadas: quem usa e quem faz!

por Camila

itbagscustomizadas

Concordam que, para a maioria das mulheres que curtem moda, um dos maiores objetos de desejo é a tal da itbag?! Acho que é o mesmo sentimento que o homem tem com carro, quando conseguimos comprar um modelo que estávamos de olho a muito tempo, dá uma felicidade né? Tantas dilminhas economizadas e finalmente podemos passear com aquele pedaço (as vezes “inho”) de couro grifado na mão…ai que realização! kkkkkk  Sounds mamona, mas sem julgamentos gente, cada um com suas loucuras consumistas!

Mas e quando a moça tem tantas Vuittons, Hermézes e Chaneusss que desapega? Tem gente que deixa encostada no armário, dá pra alguém e até vende no instagram. Mas quer saber qual é a trend atual pra essa situação? CUSTOMIZAR! Depois das versões “comportadas” da Vuitton e Goyard (monograma e tal), a ordem agora é pintar, rabiscar, colocar tachinha…qualquer coisa que torne sua bolsa realmente única – já que hoje em dia pagar caro não significa ter exclusividade e o “caro” está cada vez mais relativo!

A primeira que observei “tunando” suas Birkins foi Lady Gaga. A fofa tem logo duas no maior estilo DIY: uma preta com tachinhas e outra branca com os dizeres “Eu amo meus monstrinhos” em japonês. Talvez influência do seu stylist Nicola Formichetti, que também tem a sua: verdinha e toda desenhada! hehe Sabe que gostei? Usaria super! Já a que Kanye West deu pra Kim Kardashian no último Natal….wow…sem palavras pra essa psicobag…

fendi

Espertona, no final do ano passado a Fendi aproveitou essa tendência para adiantar modelos de sua linha Selleria Intrecciato customizados com os nomes de um seleto grupo de celebs. Sarah Jessica Parker, Lady Gaga, Rita Ora, Rihanna e Kate Bosworth não perderam tempo em desfilar com as suas, cada uma combinando a seu jeitinho especial.

gucci

E pensando nessa ideia de mudar um pouco a lógica da customização e indo para produtos que já “saem de fábrica” com cara de que foram personalizadas, a Gucci desenvolveu sua GG Flag Collection em 2012, em benefício da Unicef. O modelo, usado por Kelly Minogue e Rihanna, tem a maior cara de que recebeu esse desenho depois, não?

blogueiras

A ideia da customização também anda ganhando cada vez mais fãs entre as blogueiras! Por aqui, já apareceu em it bags de Carla Lemos, do Modices, Paula Martins, do Look do Dia (ambas feitas pela Juliana Ali) e Thássia Naves (by Klaucia Lessa).

quemvende

Lá fora, @Boyarde é uma artista britânica que posta trabalhos incríveis feitos em Guccis, Louis Vuittons e Birkins em seu Insta. Tudo é bem pop art, e os preços desse trabalho giram em torno de $ 3.000…quase uma bolsinha nova hein? hehe

Aqui no Brasil, uma das mais conhecidas nas customizações é a blogueira Juliana Ali! Ela contou pro GE que costuma definir os desenhos em conjunto com a cliente, que às vezes já chegam com algo pensado, às vezes criam tudinho com ela. “Qualquer que seja o estilo da pessoa, sempre faço um esboço no photoshop de como a bolsa vai ficar e mando para a aprovação dela antes de começar a fazer. Só começo a trabalhar depois que a cliente dá o ok. E, se precisar fazer mil esboços, eu faço! O que quero no final das contas é deixar a dona da bolsa feliz e satisfeita!”, conta.

No começo, ela confessa que dava um medinho de customizar as bolsas grifadas das finas (imagina a responsa! kkk). “Mas, hoje, 3 anos depois, já me acostumei. Não tenho mais medo nenhum não ehehehe”, disse. “Até já cometi erros em algumas bolsas. Até hoje, graças a Deus, todos foram consertáveis”, entregou.

Ju só personaliza bolsas que as clientes levam a ela (ou seja, nada de pronta entrega!), mas ainda rola a parceria com o site Shelf, em que ao comprar a bolsa a pessoa pode já pedir uma customização. O preço do trabalho dela varia entre R$ 400 e R$ 600, dependendo da complexidade da arte e do tamanho da bolsa.

A artista plástica Klaucia Badaró, que assinou as it bags de Thássia e também customiza imagens de santos e pinta peças de couro de Patrícia Vieira à mão, também começa toda sua personalização com uma boa “DR” com a cliente. “Definimos o que vai ser feito respeitando o gosto da pessoa e meu estilo próprio. Tenho que respeitar a peça a ser pintada seja do que preço for, e ter auto-confiança suficiente para dar a primeira pincelada com consciência e paixão”, disse. Klaucia também só faz as bolsas sob encomenda, por cerca de R$ 900.

Hummm, acho que já, já o status não vai ser mais ter uma bolsa de marca X. Mas uma bolsa X customizada por uma artista Y! kkkkkkkkkkk Ai como é difícil ser moça!!

  • E aí, bilus?! Curtem a idéia da customização de itbéguis?!

Tags:


Comenta, fia:33
08 jan

2014

As novas fun bags da Moschino

por andressa fernandes

Quem acompanha o GE sabe bem que por aqui vale ser féshion, mas sempre bem humorada, né? Por isso amamos quando a própria moda faz brinks consigo mesma. Essa vibe já vem com força há um tempinho, inclusive em maisons mais tradicionais, como a Chanel e suas clutches Lego e de perfume, e um dos estilistas que sempre se saiu bem nessa é o Jeremmy Scott.

Suas criações cheias de referências a cartoons caíram no gosto de fun people tipo Katy Perry, e agora que é o diretor criativo da Moschino o estilista aproveitou para dar seu toque divertido à coleção pre fall 2015 da grife, recém saída do forno! Como não amar as bolsas inspiradas em peças clássicas do guarda-roupa?

moschino-pre-fall1
MOSCHINO PRE FALL 2015

detalhe-moschino1
SMOKING BAG

detalhe-moschino2
PERFECTO LEATHER JACKET

detalhe-moschino3
LITTLE BLACK JACKET – SERÁ QUE KARL APROVA? kkk

No geral, a coleção é marcada pelo luxo, sensualidade e diversão (sim, é possível combinar tudo isso!), e as gracinhas não ficaram somente nas bolsas, mas também apareceram peças como a t-shirt com frase, o trench-coat/camisola e a combinação do boné (acessório hit na nossa retrospectiva 2013) com o vestido de festa. A logomania (allow, 90’s!) continua bombando, e ganha ainda ares bling bling com as correntes.

moschino-pre-fall2

Não dá pra ver muito bem na foto do look geral, mas esse vestidinho acima à esquerda tem estampa de botões! E a gente cansou de ver a jaqueta varsity por aí, mas nessa versão vestido acho que nunca, né? Já o último look faz parecer que uma Chanel 2.55 foi descosturada e virou casaco! hehe Fashion also have fun!

  • Curtiram a fun collection da Moschino?

Tags:


Comenta, fia:4
26 out

2013

Shopping: Wayuu Bags, as bolsinhas colombianas

por Camila

montagem_wayuubagsokGIF

Tão lembradas da minha viagem pra Cartagena gente? Fui a convite da MAC pro lançamento de uma coleção e nem tive muito tempo pra compras, mas não sai de lá sem trazer uma mochilinha Wayuu pra chamar de minha – dei até a dica da loja que tem os modelos mais bonitos, cliquem aqui pra conferir!

Quanto postei no insta foi um sucesso total, meu whatsapp quase explodiu de amigas pedindo encomenda, foi muito engraçado! Logo depois fui pra Miami e vi pra vender na The Webster, multimarca mais hype da cidade, por uma mini fortuna. Aí percebi que era questão de tempo pra aquela trend tipo avalanche e chegar com tudo por aqui.

Primeiro Adriana Barra deu um upgrade no modelo original adicionando bordados estratégicos que elevaram a bolsinha a um status deluxe. Depois a Style Market recebeu um carregamento no seu ecommerce e presenteou várias its que postaram horrores no Insta. Aí chega a vez da Arezzo reproduzir a Wayuu em versão couro, a venda por R$659. E dia desses achei na net um achado na Riachuelo, com bordado mais simples, mas no mesmo estilo. Pegou hein?

Acho a bolsinha uma graaaaça e amo a minha, mas algumas chegaram bem inflacionadas por aqui hein gente? Vamos garimpar a versão “carteira friendly” ou marcar uma viagem pra Colômbia pra comprar em todas as cores! kkkk

WAYUU-bags-onde-comprar

 

Tags:


Comenta, fia:20
08 jul

2013

Wayuu, as bolsinhas colombianas!

por Camila

Quando fui pra Cartagena, na Colômbia, não sosseguei até arrumar um tempinho entre  as atividades da viagem (só 2 dias mega corridos!) pra dar um giro nas ruas da cidade e comprar minha bolsinha Wayuu! Toda hora a gente passava com pressa na frente das lojas e eu ficava doida com aquela abundância de cores e estampas, muito difícil escolher! Queria todas! hehe

O acessório típico de lá é produzido pela tribo Wayuu, que fica entre Colômbia e Venezuela, e como é 100% feito a mão, é praticamente impossível encontrar 2 modelos iguais. Dá pra encontrar em qualquer esquina de Cartagena com preço entre U$15 e U$30, mas as mais bafo estão na loja ”Rincón De Los Estribos” (nome engraçado, eu sei!).

O desenho das bolsas de lá é muito mais elaborado e o material mais macio…mas o preço também é diferente: U$70 doláres as maiores! Diz o dono que a tribo fornecedora deles é a mais afastada…vai saber né? kkkk Mas fato que são as mais bonitas, rodei, rodei e acabei comprando lá mesmo…

  • Rincón de Los Estribos: Centro, Callejón De Los Estribos – número 02 -78 | Cartagena

wayuubags2

(Uma das lojas mais baratinhas, modelos entre U$15 e U$30)

     wayuubags3

(Muitas cores!!!!)

rincon

(A fachada da Rincón….)

wayuu6

wayuu1

wayuubags5

 (As minhas favoritas! Fiquei em dúvida mas acabei levando a neon…gostam?!)

sofia

(Como madrinha mais babona do mundo, não poderia deixar de comprar uma bolsinha mini pra Sofia usar também!  hehehe Essa foi um achado, linda por U$10!)

Tags:


Comenta, fia:75
10 abr

2013

Trend alert: Mini it bags!

por Camila

“Querida, encolhi as itbéguis!” kkkk Esse poderia ser o título desse post, mas a blogueira aqui teve um pouco senso crítico para piadas sem graça e manteve o “trend alert” de sempre. Brincadeiras a parte, depois da tendência das bolsas menores, muitas de levar a tiracolo, notei que marcas de luxo como Balenciaga, Gucci, Prada e até Hermés, andam reproduzindo alguns de seus modelos mais famosos em tamanho mini – alguns micro meeesmo, olha essa Kelly da montagem, parece de boneca né?

Até a Louis Vuitton fez uma campanha recentemente só com baby bags e reuniu Hanneli Mustaparta, Miroslava Duma e Elin Kling em um vídeo lindo de viver que nos faz desejar tooooooodos os modelos da marca, lembram? É o tipo de peça “mimo” que, mesmo ainda bem cara, faz a diferença no look por ser um acessório inesperado e que causa um “ooown” automático se a gente olha e reconhece a “bag mãe”! kkkk Fora que nos força a dar uma boa editada no que levar, só o essencial…

Eu adoro esse tipo de bolsa menor e com certeza vou investir em alguma, só falta decidir! Ando apaixonada por essa “Celininha” (com um super lag, eu sei!) e pela Balenciaga City, que até vi lá em Orlando em um roxo super aceso e quaaaaaase levei pra casa… sentiram a pontinha de arrependimento na frase hein? hehe Mas depois desse post tô achando a mini Birkin (que Lu Tranchesi tem igual!) pura sedução. Ó céus, na próxima preciso nascer Camila Onassis pra dar conta de tanta wishlist ok? kkkk

  • E vocês?! O que acham da tendência?! Vale o investimento ou é passageiro?

 

Tags:


Comenta, fia:69
08 jan

2013

Givenchy Lucrezia!

por Camila

Depois da avalanche que foi a Antigona, se prepare pra roer o cartão de crédito de vontade com esse lançamento que Ricardo Tisci inventou só pra atormentar nosso juízo: a Lucrezia bag! Com um formato box clássico e opção de alça longa, que promete agradar as amantes da Speedy Empreinte e Chloé Madeline, a nova bolsa da Givenchy já nasce com potencial de hit e uma infinidade de acabamentos disponíveis.

Para as ansiosas, aviso que Barney’s e Bergdorf Goodman já começaram a receber as primeiras versões da “Lucre”: preta e bege basiquetes (por U$2.140 o tamanho médio) e bicolores médias (por U$2.810). Eu já estou sofrendo de paixão platônica por essa vermelha com detalhe em tressê! Alguém? kkkk

Tags:


Comenta, fia:20