Escolha uma opção de navegação: Blog/ Site
Escolha sua navegação: Site / Blog
05 ago 2016 - Por Camila Coutinho
Comentários

Captura de Tela 2016-08-04 às 14.00.27

Pensa numa casa maravilhosa, verão, praia, companhias incríveis e ainda ter uma infinidade de roupas pra escolher levar na mala! Pois foi isso que vivi na casa da Revolve nos Hamptons! (sempre lembro de Revenge quando ouço falar nesse lugar! kkk)

A Revolve, que vocês já devem conhecer bem do Insta, é uma multimarcas online americana (mas que entrega no Brasil) favorita das bloggers e de várias celebs! Durante o mês de julho, auge do verão americano, eles alugaram esse “cantinho” por lá e a cada final de semana levavam uma galera fashionista!

revolve2
Esse macaquinho lindo do look é da NBD! A sandália comprei na Urban Outfitters um dia antes em NY

Eu fui no último final de semana e curti muuuito! É muito interessante porque é uma casa em que todo mundo dorme e acorda junto, então tem uma interação muito legal, a gente consegue conversar e conhecer melhor as colegas blogueiras.

revolve3

Tudo começa na verdade no escritório da marca em NY, onde escolhemos as peças que queremos usar na viagem!

Chegando na casa ficamos sabendo da programação, cada evento é assinado por uma marca, então a gente prestigia usando looks deles! <3

Captura de Tela 2016-08-04 às 14.00.08
Com Rocky Barnes, Amy Pham, Danielle (We Wore What) e Natasha Oakley

Logo no primeiro dia começamos a manhã com momento work out, o que foi ótimo porque depois teve passeio de barco com a Tula Rosa, botando os trajes de banho pra jogo! kkk

revolve1
Rocky Barnes, gêmea de bathing suit! Meu maiô que causou no Insta é esse aqui! kkk

Captura de Tela 2016-08-05 às 17.49.17

A Moët & Chandon patrocinou uma festa com a Olivia Palermo (<3) num final de tarde, então minha escolha foi esse vestido bem delicado da Alexis!

revolve4

Esse foi um dos meus looks favoritos da viagem!

revolve5
As escolhas em geral foram looks nessa cartela leve pra combinar com o final de tarde! Rocky Barnes, Natasha Oakley, Amy Pham e Danielle: qual seu look favorito?

Captura de Tela 2016-08-04 às 15.31.36

Captura de Tela 2016-08-04 às 14.04.42

No dia seguinte começamos com uma programação bem relax, tava doida pra curtir essa piscina!

Captura de Tela 2016-08-04 às 13.58.24

Meu maiô é da Jo de Mer! E o macaquinho lindo dos cliques abaixo é mais um da NBD!

Captura de Tela 2016-08-05 às 17.05.53

Captura de Tela 2016-08-04 às 13.58.02

O lançamento da coleção da House of Harlow, da Nicole Richie, para a Revolve, foi um dos eventos mais bafo!

Captura de Tela 2016-08-04 às 14.03.39

A linha é bem naquela pegada boho bem linda, mas com um ar mais sofisticado e menos hippie. Eu amei esse meu look e a foto tipo squad! kkk

Captura de Tela 2016-08-04 às 14.04.17

Com Nicole, que, quem acompanha o blog sabe: foi uma das inspirações para a criação do GE, porque eu queria justamente um espaço pra falar dela, Paris e Li-lo com as amigas! kkk

revolve6

#realidades: o coque foi a opção porque não deu tempo de secar o cabelo depois da praia kkk

revolve7

Último dia, passeio de barco e depois movie night no jardim, olha só que delícia!

Captura de Tela 2016-08-04 às 14.02.55

Teve votação pra escolher o filme: As Patricinhas Beverly Hills ou Garotas Malvadas? Ganhou o segundo! hehe

Olha só as comidinhas (nem tão “inhas” assim kkk) que tivemos por lá durante o final de semana!! Difícil ficar na dieta, viu, mas claro que eu… não fiquei! kkk

revolve8

Foi um final de semana inesquecível, amei!

  • Gostaram do post, meninas? Contem qual foi o look favorito de vocês!

Revolve nos Hamptons: por dentro da “casa de verão das bloggers” + meus looks

05 ago 2016
- Por Camila Coutinho
Comentários

Captura de Tela 2016-08-04 às 14.00.27

Pensa numa casa maravilhosa, verão, praia, companhias incríveis e ainda ter uma infinidade de roupas pra escolher levar na mala! Pois foi isso que vivi na casa da Revolve nos Hamptons! (sempre lembro de Revenge quando ouço falar nesse lugar! kkk)

A Revolve, que vocês já devem conhecer bem do Insta, é uma multimarcas online americana (mas que entrega no Brasil) favorita das bloggers e de várias celebs! Durante o mês de julho, auge do verão americano, eles alugaram esse “cantinho” por lá e a cada final de semana levavam uma galera fashionista!

revolve2
Esse macaquinho lindo do look é da NBD! A sandália comprei na Urban Outfitters um dia antes em NY

Eu fui no último final de semana e curti muuuito! É muito interessante porque é uma casa em que todo mundo dorme e acorda junto, então tem uma interação muito legal, a gente consegue conversar e conhecer melhor as colegas blogueiras.

revolve3

Tudo começa na verdade no escritório da marca em NY, onde escolhemos as peças que queremos usar na viagem!

Chegando na casa ficamos sabendo da programação, cada evento é assinado por uma marca, então a gente prestigia usando looks deles! <3

Captura de Tela 2016-08-04 às 14.00.08
Com Rocky Barnes, Amy Pham, Danielle (We Wore What) e Natasha Oakley

Logo no primeiro dia começamos a manhã com momento work out, o que foi ótimo porque depois teve passeio de barco com a Tula Rosa, botando os trajes de banho pra jogo! kkk

revolve1
Rocky Barnes, gêmea de bathing suit! Meu maiô que causou no Insta é esse aqui! kkk

Captura de Tela 2016-08-05 às 17.49.17

A Moët & Chandon patrocinou uma festa com a Olivia Palermo (<3) num final de tarde, então minha escolha foi esse vestido bem delicado da Alexis!

revolve4

Esse foi um dos meus looks favoritos da viagem!

revolve5
As escolhas em geral foram looks nessa cartela leve pra combinar com o final de tarde! Rocky Barnes, Natasha Oakley, Amy Pham e Danielle: qual seu look favorito?

Captura de Tela 2016-08-04 às 15.31.36

Captura de Tela 2016-08-04 às 14.04.42

No dia seguinte começamos com uma programação bem relax, tava doida pra curtir essa piscina!

Captura de Tela 2016-08-04 às 13.58.24

Meu maiô é da Jo de Mer! E o macaquinho lindo dos cliques abaixo é mais um da NBD!

Captura de Tela 2016-08-05 às 17.05.53

Captura de Tela 2016-08-04 às 13.58.02

O lançamento da coleção da House of Harlow, da Nicole Richie, para a Revolve, foi um dos eventos mais bafo!

Captura de Tela 2016-08-04 às 14.03.39

A linha é bem naquela pegada boho bem linda, mas com um ar mais sofisticado e menos hippie. Eu amei esse meu look e a foto tipo squad! kkk

Captura de Tela 2016-08-04 às 14.04.17

Com Nicole, que, quem acompanha o blog sabe: foi uma das inspirações para a criação do GE, porque eu queria justamente um espaço pra falar dela, Paris e Li-lo com as amigas! kkk

revolve6

#realidades: o coque foi a opção porque não deu tempo de secar o cabelo depois da praia kkk

revolve7

Último dia, passeio de barco e depois movie night no jardim, olha só que delícia!

Captura de Tela 2016-08-04 às 14.02.55

Teve votação pra escolher o filme: As Patricinhas Beverly Hills ou Garotas Malvadas? Ganhou o segundo! hehe

Olha só as comidinhas (nem tão “inhas” assim kkk) que tivemos por lá durante o final de semana!! Difícil ficar na dieta, viu, mas claro que eu… não fiquei! kkk

revolve8

Foi um final de semana inesquecível, amei!

  • Gostaram do post, meninas? Contem qual foi o look favorito de vocês!
05 out 2015 - Por Camila Coutinho
Comentários

Tem glamour? Sim! Perrengue? Também! Vale a pena? MUUITO! Quem é leitora antiga acompanha a cobertura do GE em fashion weeks internacionais faz tempo. Comecei no NYFW há uns 4 anos e posso dizer que a cada temporada bate o friozinho na barriga de viver tudo de novo. O tipo de cobertura mudou bastante desde então (acho que pra todos os veículos né?) e com a internet e redes sociais cada vez mais gente tá por dentro e interessada no que acontece nas semanas de moda gringas.

Como sei que é um assunto que deixa toooodo mundo super curioso, montei esse dossiê com todas as possiveis curiosidades de vocês: o que é fitting, porque as blogueiras trocam tanto de roupa, como conseguir convites e muito mais! kkkk Me diverti muito revelando essas “verdades secretas” das modas! Espero que gostem do post e leiam até o final…tá longo mas vale a pena!

PERGUNTA1

Não é só look do dia! kkkk O papel da blogueira é justamente mostrar o desfile de uma maneira rápida, direta e muitas vezes mais comercial, pensando no que seus leitores mais vão gostar. Não tem “obrigação” nem de ir e comentar todos os desfiles (só em Paris são quase 90!), como os críticos de moda. Procuro fazer posts sempre dos desfiles que tem mais o meu perfil como consumidora sabe? Porque aí naturalmente já são os que interessam pra vocês também.  Além disso, acontecem em paralelo muuuitas presentations (que é quando a marca apresenta as novidades de forma mais direta em sua loja), lançamentos, visitas a showrooms e re-sees. Tudo isso, mais os nossos looks, gera conteúdo para o blog e todas as redes sociais.

AsPbF8SWSL7fVcXNQbF2a7T9_yYdU1VSQMjczn5BWEU4

pergunta2
Primeiro, é muito mais complicado do que na SPFW, que a gente já conhece todo mundo e recebe os convites automaticamente. Além de conseguir entrar tranquilamente em todos os backstages só de ter a credencial do evento. Por aqui o trabalho começa pelo menos 1 mês antes, mandando email direto pra cada marca, avisando que vai estar lá e solicitando o convite.

Definido o FW que vamos cobrir, faço reunião de pauta com Andressa e fazemos brainstorm com idéias pra posts. Uma coisa “básica” que sempre rola em todos é review do desfile, detalhes de backstage, beleza, peças na arara, look das celebs etc

cobertura
Exemplo da cobertura do desfile da Chloé em diferentes redes do GE!

 

Durante o desfile fico doidinha querendo fazer tudo, Snapchat, foto pro Insta, Periscope, ..!! Geralmente no @camilacoutinho posto o meu highlight da coleção, e no @garotasestupidas um resumo mais técnico do desfile. Vai pro Snap também pra ser uma coisa mais rápida e depois no blog com mais fotos. Depois da fashion week geralmente faço um resumão com as coisas que a gente aposta. Esse é o desafio: cobrir de um jeito diferente em cada rede social/plataforma.

pergunta3
Já venho com os looks montados do Brasil, mas muitas vezes as marcas querem que a gente use peças deles para ir ao desfile (isso faz com que as pessoas se sintam mais próximas das grifes ao ver a gente usando, é mais uma maneira de divulgação, bem direta e pro consumidor final). Então a gente faz um fitting (prova de roupa), que é quando você vai no showroom da marca, vê os looks que eles selecionaram para as bloggers ou celebridades e aí escolhe. Isso é bem legal porque significa que você é uma pessoa especial para a marca, cria um bom relacionamento com eles. Acaba sendo muito bom para street style também porque você chama atenção se usa um look da marca do desfile. Eu particularmente gosto de trocar duas vezes no máximo porque acho que é algo importante para o fashion week, mas também não pode ser maior que o principal objetivo que é assistir aos desfiles.

Captura de Tela 2015-10-03 às 01.28.50

pergunta4
Nessa temporada foi no carro, que aqui é até meio que normal. Mas acontece que estava vestindo um look tooodo de couro, foi uma das coisas mais difíceis de fazer! kkkk Eu não tinha provado antes, vesti dentro no carro, saí, olhei no vidro do outro carro, tipo “tá bom assim, deu certo”! kkkk

Captura de Tela 2015-09-30 às 11.16.09

Também nessa temporada foi muito engraçado um dia em que fui trocar no banheiro de uma padaria – eu tava esperando na fila do banheiro e tinha uma pessoa que já estava lá se trocando e demorando muuuito. Aí demos uma batatinha e aí a pessoa: “vem, troca aqui também!” kkkk Então ficamos eu e essa outra blogueira, cada uma com uma pessoa ajudando – quatro pessoas dentro de um banheirinho!! Aí depois encontrei com ela em vários outros desfiles e aí a gente ficou rindo muito da situação!

pergunta5

Montar a mala é uma tarefa que demanda muuuito tempo porque no caso dessa temporada em que estou fazendo Milão e em seguida Paris, por exemplo, são cerca de 20 a 30 looks!! Mas o processo de escolher as peças na verdade começa bem antes: é que quando vou vendo os desfiles na SPFW já vou tirando fotos do que gostaria de usar, e faço isso com marcas internacionais também. Aí tem uma pessoa que me ajuda na produção: recolhe as peças nos lugares, reúne tudo, a gente monta os looks e depois, como tem muita coisa emprestada, faz toda essa devolução nas assessorias e nas marcas. Muitos fittings já faço direto no showroom das marcas durante o fashion week, mas aí como o grosso já está resolvido trago meus acessórios para combinar e defino tudo por aqui.

Captura de Tela 2015-10-03 às 01.29.59
Escolhendo as bolsas dessa temporada antes de embarcar para Milão!

 

pergunta6

Muitas roupas as marcas emprestam porque são coisas que nem estão nas lojas ainda, ou são itens específicos. Eu diria que 60% são roupas que as marcas emprestam e 40% é pessoal.

pergunta7

As marcas já mandam para as assessorias de imprensa uma parte da coleção toda em sample, que é o que fica disponível para editoriais de moda, blogueiras, celebs, etc… Essas pecas existem para serem emprestadas. Aí você entra em contato com a assessoria e diz que gostaria de usar tal peça, ou diz a qual evento vai e eles sugerem.

pergunta8

Não tem muito como conseguir, você tem que ser relevante pra marca querer te colocar lá, é algo muito legal e super importante para a blogueira também. E não é possível comprar convites – já vi algumas matérias falando sobre isso, mas, se rola, deve ser meio “mercado negro” kkkk, não é como se fosse um show que basta comprar, o acesso restrito também é o que faz um fashion week!

Captura de Tela 2015-10-03 às 01.30.14

pergunta9

A maioria não paga, porque justamente é um conteúdo muito legal para os blogs (e qualquer outro veículo de moda!), mas às vezes eles estão fazendo alguma ação maior e querem garantir a presença, aí existe sim isso de pagar. Os fittings só algumas pessoas fazem porque é uma escolha das marcas, elas que convidam, não é todo mundo que pode.

Captura de Tela 2015-10-03 às 01.37.46

pergunta10

Primeiro, essa coisa de trocar de roupa faz a diferença, porque os fotógrafos registram quando é um look inédito. Mas como são os mesmos fotógrafos que fazem todos os desfiles do dia, se você estiver sempre com a mesma roupa eles nem tiram mais a foto, então essa troca de looks é interessante nesse ponto. Mas acho que tem que ter limite sabe? Uma dinâmica que não atrapalhe os compromissos do dia. Porque, como eu já disse acima, não é o foco principal do FW! kkkk

Foto 24-09-15 19 53 59

Ir com algum item da marca que você tá indo pro desfile – não necessariamente o look todo, pode ser algum acessório, uma bolsa, ou uma estampa que chama muito a atenção – também é legal, e tem que pensar realmente em coisas novas, peças diferentes que estejam em alta, tendências do momento.

Foto 24-09-15 20 09 45
Coisas como essa bota da Fendi que usei, por exemplo, chamam bem a atenção! Roupas com cores fortes, estampas também fazem sucesso

 

A atitude ao posar para os cliques faz diferença: tentar poses diferentes, engraçadinhas, é algo bem legal, e existe também o lugar pelo qual as pessoas estão chegando, então os fotógrafos geralmente ja ficam posicionados para pegá-las assim que descem do carro. Se um fotógrafo tira uma foto sua os outros também já vêm correndo tirar. Por fim, se você souber os nomes deles, ter uma relação com os fotógrafos também faz diferença porque eles vão ter mais intimidade pra te chamar para fazer uma pose diferente, mudar um pouco o cenário, etc…

pergunta11

Rola tratamento de foto sim, de cor, filtro, etc., e existe o Facetune. Algumas pessoas usam, outras não, eu geralmente recorro mais pra tirar uma espinha, coisas mais simples, ou pra tirar lixo, alguma coisa feia que saiu na foto! kl #confissoes Os apps mais úteis pra mim nessas semanas são o viscocam, whatsapp, redes sociais em geral, e aqueles de previsão do tempo, pra ver se precisa dar uma adaptada no look!

pergunta12

NY é mais comercial, Londres é bem conceito, moderninha e tal, e está começando a ficar mais importante – isso porque antes muita gente pulava a cidade para ter um descanso, mas nessa temporada vi bastante gente bacana priorizar o LFW. Vale a pena porque é onde tem muita coisa nova e diferente. Milão é aquela coisa das marcas mais ostensivas, mais cheias de informação, então é bem animado. E Paris é a última e na minha opinião a mais importante porque tem as marcas mais antigas, as maisons maiores, de super relevância no mercado, e as festas mais bafo também!

Ufa!! É isso! Espero que tenham gostado do post, e se ficou mais alguma dúvida só deixar nos comentários – quem sabe não rola parte 2?! hehe

#CamiResponde: verdades secretas sobre fashion weeks!

05 out 2015
- Por Camila Coutinho
Comentários

Tem glamour? Sim! Perrengue? Também! Vale a pena? MUUITO! Quem é leitora antiga acompanha a cobertura do GE em fashion weeks internacionais faz tempo. Comecei no NYFW há uns 4 anos e posso dizer que a cada temporada bate o friozinho na barriga de viver tudo de novo. O tipo de cobertura mudou bastante desde então (acho que pra todos os veículos né?) e com a internet e redes sociais cada vez mais gente tá por dentro e interessada no que acontece nas semanas de moda gringas.

Como sei que é um assunto que deixa toooodo mundo super curioso, montei esse dossiê com todas as possiveis curiosidades de vocês: o que é fitting, porque as blogueiras trocam tanto de roupa, como conseguir convites e muito mais! kkkk Me diverti muito revelando essas “verdades secretas” das modas! Espero que gostem do post e leiam até o final…tá longo mas vale a pena!

PERGUNTA1

Não é só look do dia! kkkk O papel da blogueira é justamente mostrar o desfile de uma maneira rápida, direta e muitas vezes mais comercial, pensando no que seus leitores mais vão gostar. Não tem “obrigação” nem de ir e comentar todos os desfiles (só em Paris são quase 90!), como os críticos de moda. Procuro fazer posts sempre dos desfiles que tem mais o meu perfil como consumidora sabe? Porque aí naturalmente já são os que interessam pra vocês também.  Além disso, acontecem em paralelo muuuitas presentations (que é quando a marca apresenta as novidades de forma mais direta em sua loja), lançamentos, visitas a showrooms e re-sees. Tudo isso, mais os nossos looks, gera conteúdo para o blog e todas as redes sociais.

AsPbF8SWSL7fVcXNQbF2a7T9_yYdU1VSQMjczn5BWEU4

pergunta2
Primeiro, é muito mais complicado do que na SPFW, que a gente já conhece todo mundo e recebe os convites automaticamente. Além de conseguir entrar tranquilamente em todos os backstages só de ter a credencial do evento. Por aqui o trabalho começa pelo menos 1 mês antes, mandando email direto pra cada marca, avisando que vai estar lá e solicitando o convite.

Definido o FW que vamos cobrir, faço reunião de pauta com Andressa e fazemos brainstorm com idéias pra posts. Uma coisa “básica” que sempre rola em todos é review do desfile, detalhes de backstage, beleza, peças na arara, look das celebs etc

cobertura
Exemplo da cobertura do desfile da Chloé em diferentes redes do GE!

 

Durante o desfile fico doidinha querendo fazer tudo, Snapchat, foto pro Insta, Periscope, ..!! Geralmente no @camilacoutinho posto o meu highlight da coleção, e no @garotasestupidas um resumo mais técnico do desfile. Vai pro Snap também pra ser uma coisa mais rápida e depois no blog com mais fotos. Depois da fashion week geralmente faço um resumão com as coisas que a gente aposta. Esse é o desafio: cobrir de um jeito diferente em cada rede social/plataforma.

pergunta3
Já venho com os looks montados do Brasil, mas muitas vezes as marcas querem que a gente use peças deles para ir ao desfile (isso faz com que as pessoas se sintam mais próximas das grifes ao ver a gente usando, é mais uma maneira de divulgação, bem direta e pro consumidor final). Então a gente faz um fitting (prova de roupa), que é quando você vai no showroom da marca, vê os looks que eles selecionaram para as bloggers ou celebridades e aí escolhe. Isso é bem legal porque significa que você é uma pessoa especial para a marca, cria um bom relacionamento com eles. Acaba sendo muito bom para street style também porque você chama atenção se usa um look da marca do desfile. Eu particularmente gosto de trocar duas vezes no máximo porque acho que é algo importante para o fashion week, mas também não pode ser maior que o principal objetivo que é assistir aos desfiles.

Captura de Tela 2015-10-03 às 01.28.50

pergunta4
Nessa temporada foi no carro, que aqui é até meio que normal. Mas acontece que estava vestindo um look tooodo de couro, foi uma das coisas mais difíceis de fazer! kkkk Eu não tinha provado antes, vesti dentro no carro, saí, olhei no vidro do outro carro, tipo “tá bom assim, deu certo”! kkkk

Captura de Tela 2015-09-30 às 11.16.09

Também nessa temporada foi muito engraçado um dia em que fui trocar no banheiro de uma padaria – eu tava esperando na fila do banheiro e tinha uma pessoa que já estava lá se trocando e demorando muuuito. Aí demos uma batatinha e aí a pessoa: “vem, troca aqui também!” kkkk Então ficamos eu e essa outra blogueira, cada uma com uma pessoa ajudando – quatro pessoas dentro de um banheirinho!! Aí depois encontrei com ela em vários outros desfiles e aí a gente ficou rindo muito da situação!

pergunta5

Montar a mala é uma tarefa que demanda muuuito tempo porque no caso dessa temporada em que estou fazendo Milão e em seguida Paris, por exemplo, são cerca de 20 a 30 looks!! Mas o processo de escolher as peças na verdade começa bem antes: é que quando vou vendo os desfiles na SPFW já vou tirando fotos do que gostaria de usar, e faço isso com marcas internacionais também. Aí tem uma pessoa que me ajuda na produção: recolhe as peças nos lugares, reúne tudo, a gente monta os looks e depois, como tem muita coisa emprestada, faz toda essa devolução nas assessorias e nas marcas. Muitos fittings já faço direto no showroom das marcas durante o fashion week, mas aí como o grosso já está resolvido trago meus acessórios para combinar e defino tudo por aqui.

Captura de Tela 2015-10-03 às 01.29.59
Escolhendo as bolsas dessa temporada antes de embarcar para Milão!

 

pergunta6

Muitas roupas as marcas emprestam porque são coisas que nem estão nas lojas ainda, ou são itens específicos. Eu diria que 60% são roupas que as marcas emprestam e 40% é pessoal.

pergunta7

As marcas já mandam para as assessorias de imprensa uma parte da coleção toda em sample, que é o que fica disponível para editoriais de moda, blogueiras, celebs, etc… Essas pecas existem para serem emprestadas. Aí você entra em contato com a assessoria e diz que gostaria de usar tal peça, ou diz a qual evento vai e eles sugerem.

pergunta8

Não tem muito como conseguir, você tem que ser relevante pra marca querer te colocar lá, é algo muito legal e super importante para a blogueira também. E não é possível comprar convites – já vi algumas matérias falando sobre isso, mas, se rola, deve ser meio “mercado negro” kkkk, não é como se fosse um show que basta comprar, o acesso restrito também é o que faz um fashion week!

Captura de Tela 2015-10-03 às 01.30.14

pergunta9

A maioria não paga, porque justamente é um conteúdo muito legal para os blogs (e qualquer outro veículo de moda!), mas às vezes eles estão fazendo alguma ação maior e querem garantir a presença, aí existe sim isso de pagar. Os fittings só algumas pessoas fazem porque é uma escolha das marcas, elas que convidam, não é todo mundo que pode.

Captura de Tela 2015-10-03 às 01.37.46

pergunta10

Primeiro, essa coisa de trocar de roupa faz a diferença, porque os fotógrafos registram quando é um look inédito. Mas como são os mesmos fotógrafos que fazem todos os desfiles do dia, se você estiver sempre com a mesma roupa eles nem tiram mais a foto, então essa troca de looks é interessante nesse ponto. Mas acho que tem que ter limite sabe? Uma dinâmica que não atrapalhe os compromissos do dia. Porque, como eu já disse acima, não é o foco principal do FW! kkkk

Foto 24-09-15 19 53 59

Ir com algum item da marca que você tá indo pro desfile – não necessariamente o look todo, pode ser algum acessório, uma bolsa, ou uma estampa que chama muito a atenção – também é legal, e tem que pensar realmente em coisas novas, peças diferentes que estejam em alta, tendências do momento.

Foto 24-09-15 20 09 45
Coisas como essa bota da Fendi que usei, por exemplo, chamam bem a atenção! Roupas com cores fortes, estampas também fazem sucesso

 

A atitude ao posar para os cliques faz diferença: tentar poses diferentes, engraçadinhas, é algo bem legal, e existe também o lugar pelo qual as pessoas estão chegando, então os fotógrafos geralmente ja ficam posicionados para pegá-las assim que descem do carro. Se um fotógrafo tira uma foto sua os outros também já vêm correndo tirar. Por fim, se você souber os nomes deles, ter uma relação com os fotógrafos também faz diferença porque eles vão ter mais intimidade pra te chamar para fazer uma pose diferente, mudar um pouco o cenário, etc…

pergunta11

Rola tratamento de foto sim, de cor, filtro, etc., e existe o Facetune. Algumas pessoas usam, outras não, eu geralmente recorro mais pra tirar uma espinha, coisas mais simples, ou pra tirar lixo, alguma coisa feia que saiu na foto! kl #confissoes Os apps mais úteis pra mim nessas semanas são o viscocam, whatsapp, redes sociais em geral, e aqueles de previsão do tempo, pra ver se precisa dar uma adaptada no look!

pergunta12

NY é mais comercial, Londres é bem conceito, moderninha e tal, e está começando a ficar mais importante – isso porque antes muita gente pulava a cidade para ter um descanso, mas nessa temporada vi bastante gente bacana priorizar o LFW. Vale a pena porque é onde tem muita coisa nova e diferente. Milão é aquela coisa das marcas mais ostensivas, mais cheias de informação, então é bem animado. E Paris é a última e na minha opinião a mais importante porque tem as marcas mais antigas, as maisons maiores, de super relevância no mercado, e as festas mais bafo também!

Ufa!! É isso! Espero que tenham gostado do post, e se ficou mais alguma dúvida só deixar nos comentários – quem sabe não rola parte 2?! hehe

10 mar 2015 - Por Camila Coutinho
Comentários

_lala-rudgeRiachuelo_MakingOf-466

E depois do Fashion Five e da minha coleção de tshirts para a copa, mais uma parceria entre a Riachu e bloggers que promete! Estamos acompanhando teasers sobre a coleção da Lala Rudge com a marca há um tempo e agora as peças já tem data pra chegar nas araras da fast fashion: 17.03!

A coleção é toda baseada nas peças favoritas do closet de Lala, que se envolveu super no desenvolvimento de tudo e disse que escolheu materiais, cartela de cores, passou referências e foi inclusive mostrando as peças do acervo dela mesmo como base para o desenho das estilistas. O resultado foram 65 itens (incluindo lingerie da La Rouge!) com preços entre R$ 49,90R$ 199,90.

A cartela de cores é mesmo bem clássica, comandada por preto e branco com toques de cinza, bege e pink, claro. A parte das jaquetinhas bomber, couro e cardigans foi minha favorita, acho que vai voar das prateleiras! Em algumas peças da pra perceber um toque de Balmain (a estampa pied de coq!) e Dior (blazer com brasão!), uma graça e a cara dela!

  • Conseguimos fotos de tooodas as peças com precinhos (eu sei que vocês adoram! hehe)

 

 

lala-rudge-riachuelo-saias-vestidos

lala-rudge-riachuelo-casacos

 

lala-rudge-riachuelo-outros

lala-rudge-riachuelo-LINGERIE

É isso meninas, curtiram a coleção?

EXTRA! Lala Rudge para Riachuelo: veja preços e peças

10 mar 2015
- Por Camila Coutinho
Comentários

_lala-rudgeRiachuelo_MakingOf-466

E depois do Fashion Five e da minha coleção de tshirts para a copa, mais uma parceria entre a Riachu e bloggers que promete! Estamos acompanhando teasers sobre a coleção da Lala Rudge com a marca há um tempo e agora as peças já tem data pra chegar nas araras da fast fashion: 17.03!

A coleção é toda baseada nas peças favoritas do closet de Lala, que se envolveu super no desenvolvimento de tudo e disse que escolheu materiais, cartela de cores, passou referências e foi inclusive mostrando as peças do acervo dela mesmo como base para o desenho das estilistas. O resultado foram 65 itens (incluindo lingerie da La Rouge!) com preços entre R$ 49,90R$ 199,90.

A cartela de cores é mesmo bem clássica, comandada por preto e branco com toques de cinza, bege e pink, claro. A parte das jaquetinhas bomber, couro e cardigans foi minha favorita, acho que vai voar das prateleiras! Em algumas peças da pra perceber um toque de Balmain (a estampa pied de coq!) e Dior (blazer com brasão!), uma graça e a cara dela!

  • Conseguimos fotos de tooodas as peças com precinhos (eu sei que vocês adoram! hehe)

 

 

lala-rudge-riachuelo-saias-vestidos

lala-rudge-riachuelo-casacos

 

lala-rudge-riachuelo-outros

lala-rudge-riachuelo-LINGERIE

É isso meninas, curtiram a coleção?

25 dez 2014 - Por Camila Coutinho
Comentários

looks-natal1

Já tem alguns anos que o papai noel divide a atenção com o insta no meu natal! kkkk Foi mal gente, mas eu simplesmente não consigo comer minha ceia em paz se não der uma checada nos looks natalinos da mulherada!! Amoooo ver as produções festivas, é tão legal aquelas datas que todo mundo se produz né? Fora as fotos de decor, família e tal…

Então entre looks super glamour, outros mais relax ou super fashionistas, confira aqui as escolhas das bloggers e celebs para a noite de ontem. Teve bastante brilho, como nos looks bafo de Camila Coelho, Mariah e Thássia, vestindo as mineiras Fabiana Milazzo, Barbara Bela e Patricia Bonaldi, respectivamente, mas o que bombou meeesmo foi o vermelhão!

Fazia muito tempo que não via tantas moças apostando na cor ao mesmo tempo. Afinal, não tem ocasião melhor pra tirar a cor do armário né? Adoro quando vejo em propostas diferentes como no o decotão JoDri nas costas da Helô Gomes, o degradê Herve Leger de Carol Buffara ou o sexy chic do macacão Lu Monteiro da Vera Viel.

looks-natal3

Senti também uma pegada bem boho nos looks da noite, como nos vestidos da Bia Perotti, Helena Bordon e na escolha da querida Lilly Sarti.  Vic mais uma vez arrasou na produção minimal, simples e chic. Amei esse colar, já querendo emprestado pro próximo #camievic!

looks-natal2

E o branco, claro, já deixou faz tempo de ser coisa de Ano Novo e marca presença na noite de Natal também. Além do romântico rendado da Denise Gebrim apareceu também no vestido fofo da Alessandra Ambrosio e no look quase “fashion fight” de Kendall e Kylie Jenner (Balmain feelings). As irmãs Jenner foram as minhas favoritas….AMEEEEI esse vestidos!

looks-natal-camila

Pela minha escolha de looks favoritos acima (K&K sisters!!), deu pra perceber que eu também tava em um momento minimal ontem né? hehe Nada de estampas ou bordados, apostei mesmo nesse mini vestido da Gucci pink com golinha de couro. Deixei ele fechado até o final e amei o contraste do masculino/feminino. A sandália de cobra é Giuseppe Zanotti e a clutch brilhos é uma bem antiga da Zara.

Agora uma info importante: gravei GET READY WITH ME de ontem pra colocar no nosso canal no Youtube!!! kkkkk Nunca tinha feito, veremos como vai sair essa aventura! Roubei no jogo um pouco porque fiz make com maquiador. Mas rendeu outras diquinhas também…

10865124_693795570730139_44329022_n

(detalhe da make pela querida Franci Barros)
  • Curtiram os looks? Qual seu favorito?

It looks de Natal 2014 – as produções fashionistas via Insta!

25 dez 2014
- Por Camila Coutinho
Comentários

looks-natal1

Já tem alguns anos que o papai noel divide a atenção com o insta no meu natal! kkkk Foi mal gente, mas eu simplesmente não consigo comer minha ceia em paz se não der uma checada nos looks natalinos da mulherada!! Amoooo ver as produções festivas, é tão legal aquelas datas que todo mundo se produz né? Fora as fotos de decor, família e tal…

Então entre looks super glamour, outros mais relax ou super fashionistas, confira aqui as escolhas das bloggers e celebs para a noite de ontem. Teve bastante brilho, como nos looks bafo de Camila Coelho, Mariah e Thássia, vestindo as mineiras Fabiana Milazzo, Barbara Bela e Patricia Bonaldi, respectivamente, mas o que bombou meeesmo foi o vermelhão!

Fazia muito tempo que não via tantas moças apostando na cor ao mesmo tempo. Afinal, não tem ocasião melhor pra tirar a cor do armário né? Adoro quando vejo em propostas diferentes como no o decotão JoDri nas costas da Helô Gomes, o degradê Herve Leger de Carol Buffara ou o sexy chic do macacão Lu Monteiro da Vera Viel.

looks-natal3

Senti também uma pegada bem boho nos looks da noite, como nos vestidos da Bia Perotti, Helena Bordon e na escolha da querida Lilly Sarti.  Vic mais uma vez arrasou na produção minimal, simples e chic. Amei esse colar, já querendo emprestado pro próximo #camievic!

looks-natal2

E o branco, claro, já deixou faz tempo de ser coisa de Ano Novo e marca presença na noite de Natal também. Além do romântico rendado da Denise Gebrim apareceu também no vestido fofo da Alessandra Ambrosio e no look quase “fashion fight” de Kendall e Kylie Jenner (Balmain feelings). As irmãs Jenner foram as minhas favoritas….AMEEEEI esse vestidos!

looks-natal-camila

Pela minha escolha de looks favoritos acima (K&K sisters!!), deu pra perceber que eu também tava em um momento minimal ontem né? hehe Nada de estampas ou bordados, apostei mesmo nesse mini vestido da Gucci pink com golinha de couro. Deixei ele fechado até o final e amei o contraste do masculino/feminino. A sandália de cobra é Giuseppe Zanotti e a clutch brilhos é uma bem antiga da Zara.

Agora uma info importante: gravei GET READY WITH ME de ontem pra colocar no nosso canal no Youtube!!! kkkkk Nunca tinha feito, veremos como vai sair essa aventura! Roubei no jogo um pouco porque fiz make com maquiador. Mas rendeu outras diquinhas também…

10865124_693795570730139_44329022_n

(detalhe da make pela querida Franci Barros)
  • Curtiram os looks? Qual seu favorito?
07 out 2014 - Por Camila Coutinho
Comentários

glossier-into-the-gloss1

Referência mundial quando o assunto é beleza, o Into the Gloss agora virou marca de cosméticos, a Glossier! Após muitos teasers e algum mistério que quem acompanha o site no Instagram já tinha visto, a marca foi lançada oficialmente nesta segunda-feira.

O Into the Gloss, pra quem não sabe, é um site focado em beleza que nasceu como blog em 2010, pelas mãos de Emily Weiss. Aos poucos o ITG virou tipo um portal, com diversos editores, e provou sua relevância não só para os leitores como também para as marcas: no último ranking do Signature99, aparece como número 1 no quesito “influenciador de compras de moda e beleza”. Nada fraco, né?

Com todo esse cenário, não é então de se estranhar que Emily começou a pensar em lançar marca própria, processo que começou há um ano. A Glossier começa oficialmente já com mais de 17 mil followers no Instagram, e-commerce próprio e bastante burburinho!



glossier-into-the-gloss2
“Após anos entrevistando mulheres e ouvindo o que leitores influentes do ITG pensam sobre beleza, comecei a achar que havia uma falta de curadoria e contexto no que diz respeito a produtos”, explicou Emily, que escolheu a categoria de skincare para dar início à marca.



glossier-into-the-gloss3

Estão à venda o Rosewater Setting Spray (um mist hidratante feito de rosas e aloe, deixa a pele com sensação fresh e preparada para o primer, US$ 18), Priming Moisturizer (para trazer imediatamente à tona o melhor de sua pele, US$ 25), Skin Balm (com antioxidantes e hidratantes naturais para cuidar e reparar peles sensíveis e secas, US$ 12) e o Skin Tint (algo entre o “sem make” e a “maquiaaagem”, que promete uniformizar a pele sem perder o aspecto “glow”, US$ 26).

Os produtos podem tanto ser adquiridos separadamente quanto em um kit que custa US$ 80, e a oferta de itens deve crescer em breve, já que a proposta é ter novidades a cada seis semanas – incluindo uma linha de maquiagem e produtos especiais para as festas de final de ano.

Além de tudo isso ser muito legal, é mais bacana ainda observar como, apesar de nova, a Glossier já tem uma identidade bem definida (olha a lição de marketing!). As embalagens, as fotos nas redes sociais, o discurso, tudo leva para uma coisa que mistura o girlie, o cool e o fun (os adesivos que apareceram aos montes no perfil da marca no Insta vêm junto com os produtos da marca!). “Qualquer pessoa pode ser uma Glosier girl. É sobre ser independente, livre e um pouco boba”, definiu Em.

glossier-into-the-gloss4

Por enquanto a marca só entrega nos Estados Unidos, mas avisa em seu site que já está trabalhando para levar a Glossier para o mundo todo. Que venha logo, porque beauty addicts que nós aqui somos já queremos testar tudo! hehe

  • Curtiram a Glossier?

Conheça a Glossier, marca de beleza da blogueira Emily Weiss, do Into the Gloss!

07 out 2014
- Por Camila Coutinho
Comentários

glossier-into-the-gloss1

Referência mundial quando o assunto é beleza, o Into the Gloss agora virou marca de cosméticos, a Glossier! Após muitos teasers e algum mistério que quem acompanha o site no Instagram já tinha visto, a marca foi lançada oficialmente nesta segunda-feira.

O Into the Gloss, pra quem não sabe, é um site focado em beleza que nasceu como blog em 2010, pelas mãos de Emily Weiss. Aos poucos o ITG virou tipo um portal, com diversos editores, e provou sua relevância não só para os leitores como também para as marcas: no último ranking do Signature99, aparece como número 1 no quesito “influenciador de compras de moda e beleza”. Nada fraco, né?

Com todo esse cenário, não é então de se estranhar que Emily começou a pensar em lançar marca própria, processo que começou há um ano. A Glossier começa oficialmente já com mais de 17 mil followers no Instagram, e-commerce próprio e bastante burburinho!



glossier-into-the-gloss2
“Após anos entrevistando mulheres e ouvindo o que leitores influentes do ITG pensam sobre beleza, comecei a achar que havia uma falta de curadoria e contexto no que diz respeito a produtos”, explicou Emily, que escolheu a categoria de skincare para dar início à marca.



glossier-into-the-gloss3

Estão à venda o Rosewater Setting Spray (um mist hidratante feito de rosas e aloe, deixa a pele com sensação fresh e preparada para o primer, US$ 18), Priming Moisturizer (para trazer imediatamente à tona o melhor de sua pele, US$ 25), Skin Balm (com antioxidantes e hidratantes naturais para cuidar e reparar peles sensíveis e secas, US$ 12) e o Skin Tint (algo entre o “sem make” e a “maquiaaagem”, que promete uniformizar a pele sem perder o aspecto “glow”, US$ 26).

Os produtos podem tanto ser adquiridos separadamente quanto em um kit que custa US$ 80, e a oferta de itens deve crescer em breve, já que a proposta é ter novidades a cada seis semanas – incluindo uma linha de maquiagem e produtos especiais para as festas de final de ano.

Além de tudo isso ser muito legal, é mais bacana ainda observar como, apesar de nova, a Glossier já tem uma identidade bem definida (olha a lição de marketing!). As embalagens, as fotos nas redes sociais, o discurso, tudo leva para uma coisa que mistura o girlie, o cool e o fun (os adesivos que apareceram aos montes no perfil da marca no Insta vêm junto com os produtos da marca!). “Qualquer pessoa pode ser uma Glosier girl. É sobre ser independente, livre e um pouco boba”, definiu Em.

glossier-into-the-gloss4

Por enquanto a marca só entrega nos Estados Unidos, mas avisa em seu site que já está trabalhando para levar a Glossier para o mundo todo. Que venha logo, porque beauty addicts que nós aqui somos já queremos testar tudo! hehe

  • Curtiram a Glossier?
21 jul 2014 - Por Camila Coutinho
Comentários

pink4Lr
CRÉDITOS: Terno pink Designers Remix | Sapato e bolsa Christian Louboutin | Óculos Spektre

Já que os conjuntinhos estão com tudo e que as cores mais vibrantes são super bem-vindas para colorir o inverno, nada melhor que esta inspiração de Sofie Valkiers, do Fashionata, para animar a segunda-feira!

Sofie usou o look durante a Semana de Moda de Paris, e contou que atraiu mais cliques do que nunca! Fora do circuito fashion, a dica para usar de um modo mais básico é combinar com acessórios neutros: um scarpin branco ou nude no lugar do zebrado, uma clutch lisa…

A opção pela camisa branca por baixo e o cabelo preso continuam ótimos, deixando todo o destaque mesmo para o pink! O truque para a cor, que já é super “menininha”, compor uma produção mais moderna vem também pelo shape do casaco, mais retão, que também pode ser combinado com muitos outros looks!

pink3LR

pinkLR_0

Pink mood

21 jul 2014
- Por Camila Coutinho
Comentários

pink4Lr
CRÉDITOS: Terno pink Designers Remix | Sapato e bolsa Christian Louboutin | Óculos Spektre

Já que os conjuntinhos estão com tudo e que as cores mais vibrantes são super bem-vindas para colorir o inverno, nada melhor que esta inspiração de Sofie Valkiers, do Fashionata, para animar a segunda-feira!

Sofie usou o look durante a Semana de Moda de Paris, e contou que atraiu mais cliques do que nunca! Fora do circuito fashion, a dica para usar de um modo mais básico é combinar com acessórios neutros: um scarpin branco ou nude no lugar do zebrado, uma clutch lisa…

A opção pela camisa branca por baixo e o cabelo preso continuam ótimos, deixando todo o destaque mesmo para o pink! O truque para a cor, que já é super “menininha”, compor uma produção mais moderna vem também pelo shape do casaco, mais retão, que também pode ser combinado com muitos outros looks!

pink3LR

pinkLR_0

PERFIL
Camila Coutinho



Copyright © 2016 - garotasestupidas.com - Todos os direitos reservados
Designed and Created bt Condomínio Network
INSTAGRAM
Copyright © 2016 - garotasestupidas.com - Todos os direitos reservados | Designed and Created bt Condomínio Network