Escolha uma opção de navegação: Blog/ Site
Escolha sua navegação: Site / Blog
28 mar 2018 - Por Camila Coutinho
Comentários

Sabe aquela expressão “quem guarda tem”? Bom, ela poderia se tornar a “regra mais número 1 da moda de todos os tempos”, especialmente agora que estamos resgatando tantas décadas passadas!

Claaaro que ninguém precisa virar uma acumuladora – haja closet né?! haha -, mas vale olhar com cuidado as peças antes de se desfazer delas, pensar no potencial atemporal ou até mesmo no que de único ela tem!

Bom, tô falando tudo isso porque ontem teve um evento com a Sophie Charlotte em Recife e ela apareceu com esse vestido listrado que despertou aquela sensação de “já vi esse look antes”…

Fotos: Instagram/Sophie Charlotte e Blog Joao Alberto

Um “googlada” na memória e pronto: é que o modelo da Topshop (que inclusive chegou a ser vendido no Brasil!) fez sucesso em 2014 e foi até pauta aqui no GE, afinal foi usado por Beyoncé, January Jones, Kelly Osbourne e Margot Robbie!

Diferente das celebs gringas, Sophie combinou com o scarpin branco (item que, olha que curioso, há 4 anos a gente nem imagina que se tornaria tão fashion!). Não tem muito erro com listras p&b mesmo (#ficadica de uma boa peça pra investir aliás!) e o modelo continua super atual, especialmente por conta do shape “t-shirt”!

  • Curtiram o look da Sophie? Aproveita e conta aí nos comentários: qual sua peça queridinha de todos os tempos, aquela que você nunca vai abrir mão?

Déjà vu fashion com Sophie Charlotte!

28 mar 2018
- Por Camila Coutinho
Comentários

Sabe aquela expressão “quem guarda tem”? Bom, ela poderia se tornar a “regra mais número 1 da moda de todos os tempos”, especialmente agora que estamos resgatando tantas décadas passadas!

Claaaro que ninguém precisa virar uma acumuladora – haja closet né?! haha -, mas vale olhar com cuidado as peças antes de se desfazer delas, pensar no potencial atemporal ou até mesmo no que de único ela tem!

Bom, tô falando tudo isso porque ontem teve um evento com a Sophie Charlotte em Recife e ela apareceu com esse vestido listrado que despertou aquela sensação de “já vi esse look antes”…

Fotos: Instagram/Sophie Charlotte e Blog Joao Alberto

Um “googlada” na memória e pronto: é que o modelo da Topshop (que inclusive chegou a ser vendido no Brasil!) fez sucesso em 2014 e foi até pauta aqui no GE, afinal foi usado por Beyoncé, January Jones, Kelly Osbourne e Margot Robbie!

Diferente das celebs gringas, Sophie combinou com o scarpin branco (item que, olha que curioso, há 4 anos a gente nem imagina que se tornaria tão fashion!). Não tem muito erro com listras p&b mesmo (#ficadica de uma boa peça pra investir aliás!) e o modelo continua super atual, especialmente por conta do shape “t-shirt”!

  • Curtiram o look da Sophie? Aproveita e conta aí nos comentários: qual sua peça queridinha de todos os tempos, aquela que você nunca vai abrir mão?
26 mar 2018 - Por Andressa Fernandes
Comentários

Fim do Lollapalooza, hora de ver nosso resumão com os looks das celebs! Com shows de Red Hot Chilli Peppers, Pearl Jam, Lana Del Rey e The Killers, entre (muitos) outros, o festival atraiu vááários famosos para o autódromo de Interlagos, em São Paulo! Confira as produções que se destacaram nos três dias de Lolla:

Deu pra ver que teve de tudo um pouco, né? Mas sem dúvidas dá para destacar três tendências:

– SPORTY: calças larguinhas (de moletom ou com botões) usadas com tênis são uma boa aposta para festivais, já que unem conforto absoluto e aquele ar trendy! Yasmin Brunet combinou com o top lingerie para deixar a produção mais sexy, enquanto Fiorella Mattheis deu o toque glam com a blusa prateada. Arrasaram!

– SUTIÃ “APARECIDO”: é, sem dúvidas, uma das apostas favoritas das brasileiras – não só para o Lolla, mas todos os eventos! A peça pode aparecer sob a transparência (mais fácil de acertar), como usaram Izabel Goulart e Julia Faria, ou mesmo fazer as vezes de um top mesmo, como apostou a Carla Diaz, Giovanna Grigio e Manu Gavassi.

– VINIL: o acabamento brilhoso tem aquele ar rock glam irresistível para um festival! Pathy de Jesus e Iza Goulart arrasaram na produção com a saia queridinha do momento (o modelo com zíper central não dá sinais de sumir do nosso feed no Insta), enquanto Manu Gavassi e Mariana Rios foram mais ousadas com a calça e até jaqueta no caso da primeira. Se você acha a peça um pouco “too much” para você, opte por uma versão mais discreta, como essa saia da Sasha Meneghel, que não é nem um couro básico, nem um vinil super brilhante.

De modo geral rolou muito pouco daquilo de “uniforme de festival” (os looks com quimonos, chapéus & cia. que apesar de lindos deram uma boa cansada), prevalecendo mais da personalidade de cada uma com algumas pitadas de tendência – alguns mais ousados/fashionistas, outros até bem básicos!

  • E vocês, o que acharam? Qual seu look favorito?

LEIA TAMBÉM:
Lollapalooza 2018: inspirações de looks e peças a partir de R$ 29,90!
Famosas no Lollapalooza 2017 + meu look!

Looks das famosas no Lollapalooza 2018!

26 mar 2018
- Por Andressa Fernandes
Comentários

Fim do Lollapalooza, hora de ver nosso resumão com os looks das celebs! Com shows de Red Hot Chilli Peppers, Pearl Jam, Lana Del Rey e The Killers, entre (muitos) outros, o festival atraiu vááários famosos para o autódromo de Interlagos, em São Paulo! Confira as produções que se destacaram nos três dias de Lolla:

Deu pra ver que teve de tudo um pouco, né? Mas sem dúvidas dá para destacar três tendências:

– SPORTY: calças larguinhas (de moletom ou com botões) usadas com tênis são uma boa aposta para festivais, já que unem conforto absoluto e aquele ar trendy! Yasmin Brunet combinou com o top lingerie para deixar a produção mais sexy, enquanto Fiorella Mattheis deu o toque glam com a blusa prateada. Arrasaram!

– SUTIÃ “APARECIDO”: é, sem dúvidas, uma das apostas favoritas das brasileiras – não só para o Lolla, mas todos os eventos! A peça pode aparecer sob a transparência (mais fácil de acertar), como usaram Izabel Goulart e Julia Faria, ou mesmo fazer as vezes de um top mesmo, como apostou a Carla Diaz, Giovanna Grigio e Manu Gavassi.

– VINIL: o acabamento brilhoso tem aquele ar rock glam irresistível para um festival! Pathy de Jesus e Iza Goulart arrasaram na produção com a saia queridinha do momento (o modelo com zíper central não dá sinais de sumir do nosso feed no Insta), enquanto Manu Gavassi e Mariana Rios foram mais ousadas com a calça e até jaqueta no caso da primeira. Se você acha a peça um pouco “too much” para você, opte por uma versão mais discreta, como essa saia da Sasha Meneghel, que não é nem um couro básico, nem um vinil super brilhante.

De modo geral rolou muito pouco daquilo de “uniforme de festival” (os looks com quimonos, chapéus & cia. que apesar de lindos deram uma boa cansada), prevalecendo mais da personalidade de cada uma com algumas pitadas de tendência – alguns mais ousados/fashionistas, outros até bem básicos!

  • E vocês, o que acharam? Qual seu look favorito?

LEIA TAMBÉM:
Lollapalooza 2018: inspirações de looks e peças a partir de R$ 29,90!
Famosas no Lollapalooza 2017 + meu look!

25 mar 2018 - Por Camila Coutinho
Comentários

Durante as gravações de #CamieVicTakeAustralia resolvi libertar meus cachos: aprendi com Bruna, minha irmã, a arrumar o cabelo sem babyliss, secador ou chapinha! Sério, é uma sensação tão maravilhosa!! hehe

Meu cabelo é ondulado e bem curinga, se eu alisar, fica lisão, se cachear, também pega superbem, então bastou dar esse incentivo pro bichinho que ele se revelou! kkk

No vídeo tem as dicas de todo o passo a passo e os produtos que usamos, espero que gostem!!

E não deixem de se inscrever no canal que em breve a oitava (!) temporada do nosso reality vai ao ar! #CamieVicTakeAustralia tá demaaaais, tão ansiosa pra vocês verem tudo! <3

TV GE: Tutorial “liberte seus cachos” feat. Brunelas!

25 mar 2018
- Por Camila Coutinho
Comentários

Durante as gravações de #CamieVicTakeAustralia resolvi libertar meus cachos: aprendi com Bruna, minha irmã, a arrumar o cabelo sem babyliss, secador ou chapinha! Sério, é uma sensação tão maravilhosa!! hehe

Meu cabelo é ondulado e bem curinga, se eu alisar, fica lisão, se cachear, também pega superbem, então bastou dar esse incentivo pro bichinho que ele se revelou! kkk

No vídeo tem as dicas de todo o passo a passo e os produtos que usamos, espero que gostem!!

E não deixem de se inscrever no canal que em breve a oitava (!) temporada do nosso reality vai ao ar! #CamieVicTakeAustralia tá demaaaais, tão ansiosa pra vocês verem tudo! <3

22 mar 2018 - Por Camila Coutinho
Comentários

Pense em um evento que reúne palestras e workshops com os maiores experts em moda e tecnologia do mundo, além de pré-estreias de cinema, shows e vários outros eventos super interessantes… esse é o South by Southwest, ou SXSW para os íntimos! kkk Há tempos queria conhecer o festival (ele existe desde 1987!), então imagina minha animação quando a Amaro (única marca brasileira a ter um painel solo no evento) me convidou para voar para Austin, no Texas, para conferir tudo de pertinho? Mal acabaram de falar já estava com as malas prontas! kkk

Essa edição do SXSW aconteceu entre 09 e 18 de março, e eu já contei lá no blog da Amaro meus destaques do festival, mas, claro, não poderia deixar de registrar por aqui também! Ainda vou falar muito sobre tudo que vi/aprendi lá (a quantidade de informações é enorme, confesso que ainda estou processando! haha me contem inclusive se gostariam de um vídeo sobre esse assunto, tá?), mas por enquanto fiz um resuminho com os 3 assuntos que mais bombaram no SXSW 2018:

Looks Amaro

“BIG DATA” E A CIÊNCIA POR TRÁS DAS VENDAS

O uso de “big data” foi sem dúvidas um dos temas que mais se destacaram no festival. Com tantas informações sobre tudo circulando por aí, como é possível usá-las a favor das empresas (e, claro, do cliente também?). Foi muito legal ouvir Dominique Oliver, fundador e CEO da Amaro, falando sobre esse outro lado da marca – porque a parte visual, de ter aquela peça tendência da vez, de estar nos looks dos influenciadores e tal, a gente já conhece, né? Mas nem imaginamos todo o embasamento, a “ciência” que fez a Amaro virar esse fenômeno.

O que você compra, como, quando, são informações que são cruzadas e resultam em um algoritmo que apresenta para o consumidor exatamente não só o que ele quer ver, mas também o que precisa – através de dados geográficos é possível oferecer um anúncio com peças para um dia chuvoso para pessoas que estão naquela exata região, por exemplo! Essa “catalogação” de informações não é só comportamental, mas também abrange cada característica do produto. Assim a marca consegue entender quais são as tendências mais desejadas e leva isso para produção, oferecendo estoque suficiente para suprir essa demanda.

A Amaro também percebeu que há um grande público que ainda não compra online e apostou nas Guide Shops, que oferecem a experiência offline não só para que o cliente prove as peças, mas também pegue, toque, comprove a qualidade do produto. Toda essa ação que acontece vai para o banco de dados também, complementando esse panorama riquíssimo que fez da marca um verdadeiro case. A informação nunca foi tão valiosa, e quem percebe (e investe) nisso sai na frente!

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL É AGORA!

Outro assunto que bombou no SXSW foi o uso de Inteligência Artificial! E é engraçado porque parece algo muito distante da realidade, mas, como a pesquisadora norte-americana Amy Webb falou em sua palestra, ela já está acontecendo – não é uma tendência, mas sim a nova era da computação! A “A.I.” (artificial intelligence) atua desde esse cruzamento de dados, facilitando uma abordagem mais certeira e customizada ao cliente, à criação de personagens…  sim,  já existem avatares virtuais que são, também, influenciadores (a @lilmiquela é uma das mais famosas, falamos dela aqui no blog, lembra?)!

Imagina que loucura, as próprias marcas agora podem criar seus influenciadores! Seriam eles então uma concorrência pra gente? hehe Olha, penso comigo que por mais avançado que seja o algoritmo tem uma coisa que o robô não pode fazer: ser criativo! Pensar fora da caixa, criar algo novo, surpreender… é algo que nenhuma automatização (ainda) substitui!

Looks Amaro

O FIM DOS SMARTPHONES?

Por fim, se você, como eu, passa o dia grudada no seu celular, prepare-se para cair da cadeira: outro dos assuntos mais comentados do SXSW foi o fim dos smartphones! [insira emojis chocados! kkk] A explicação é simples: só é possível evoluir tecnologicamente se trabalharmos com gadgets individuais. O modelo do celular que concentra câmera, player de música e etcs. chegou ao seu limite nesse quesito, voltaremos então a ter aparelhos separados para que se possa explorar o máximo de cada função – e pense em fazer isso utilizando especialmente comandos de voz e reconhecimento facial, as digitais do futuro!

SOBRE AUSTIN

Um conselho que posso dar não só sobre Austin, mas para qualquer destino: não tenha medo de ser “turistona”! haha Em vez de chamar um carro resolvi pegar um “taxi bike” para fazer um trajeto à noite e foi tããão legal! Por 10 dólares (pechinchei viu!) fiz um passeio delícia que deu também uma outra visão da cidade… você vai observando tudo com calma, as luzes, o estilo do pessoal… recomendo!

Como fiquei muito imersa no festival acabei não conhecendo tanto de Austin em si (e ano que vem já quero voltar com a família para aproveitar TU-DO!), mas uma coisa tive que fazer: provar o Gus’s World Famous Fried Chicken! O cheiro que saía desse lugar era delicioso, não podia ir embora sem provar e olha… valeu mesmo muito a pena!

Curtiram esse resumo? No site da Glamour eles listaram também minhas observações sobre a paquera virtual, uma das palestras que mais amei ver lá!

  • Querem ver mais desse conteúdo “business” por aqui? Contem nos comentários!

3 tendências de moda e tecnologia direto do SXSW!

22 mar 2018
- Por Camila Coutinho
Comentários

Pense em um evento que reúne palestras e workshops com os maiores experts em moda e tecnologia do mundo, além de pré-estreias de cinema, shows e vários outros eventos super interessantes… esse é o South by Southwest, ou SXSW para os íntimos! kkk Há tempos queria conhecer o festival (ele existe desde 1987!), então imagina minha animação quando a Amaro (única marca brasileira a ter um painel solo no evento) me convidou para voar para Austin, no Texas, para conferir tudo de pertinho? Mal acabaram de falar já estava com as malas prontas! kkk

Essa edição do SXSW aconteceu entre 09 e 18 de março, e eu já contei lá no blog da Amaro meus destaques do festival, mas, claro, não poderia deixar de registrar por aqui também! Ainda vou falar muito sobre tudo que vi/aprendi lá (a quantidade de informações é enorme, confesso que ainda estou processando! haha me contem inclusive se gostariam de um vídeo sobre esse assunto, tá?), mas por enquanto fiz um resuminho com os 3 assuntos que mais bombaram no SXSW 2018:

Looks Amaro

“BIG DATA” E A CIÊNCIA POR TRÁS DAS VENDAS

O uso de “big data” foi sem dúvidas um dos temas que mais se destacaram no festival. Com tantas informações sobre tudo circulando por aí, como é possível usá-las a favor das empresas (e, claro, do cliente também?). Foi muito legal ouvir Dominique Oliver, fundador e CEO da Amaro, falando sobre esse outro lado da marca – porque a parte visual, de ter aquela peça tendência da vez, de estar nos looks dos influenciadores e tal, a gente já conhece, né? Mas nem imaginamos todo o embasamento, a “ciência” que fez a Amaro virar esse fenômeno.

O que você compra, como, quando, são informações que são cruzadas e resultam em um algoritmo que apresenta para o consumidor exatamente não só o que ele quer ver, mas também o que precisa – através de dados geográficos é possível oferecer um anúncio com peças para um dia chuvoso para pessoas que estão naquela exata região, por exemplo! Essa “catalogação” de informações não é só comportamental, mas também abrange cada característica do produto. Assim a marca consegue entender quais são as tendências mais desejadas e leva isso para produção, oferecendo estoque suficiente para suprir essa demanda.

A Amaro também percebeu que há um grande público que ainda não compra online e apostou nas Guide Shops, que oferecem a experiência offline não só para que o cliente prove as peças, mas também pegue, toque, comprove a qualidade do produto. Toda essa ação que acontece vai para o banco de dados também, complementando esse panorama riquíssimo que fez da marca um verdadeiro case. A informação nunca foi tão valiosa, e quem percebe (e investe) nisso sai na frente!

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL É AGORA!

Outro assunto que bombou no SXSW foi o uso de Inteligência Artificial! E é engraçado porque parece algo muito distante da realidade, mas, como a pesquisadora norte-americana Amy Webb falou em sua palestra, ela já está acontecendo – não é uma tendência, mas sim a nova era da computação! A “A.I.” (artificial intelligence) atua desde esse cruzamento de dados, facilitando uma abordagem mais certeira e customizada ao cliente, à criação de personagens…  sim,  já existem avatares virtuais que são, também, influenciadores (a @lilmiquela é uma das mais famosas, falamos dela aqui no blog, lembra?)!

Imagina que loucura, as próprias marcas agora podem criar seus influenciadores! Seriam eles então uma concorrência pra gente? hehe Olha, penso comigo que por mais avançado que seja o algoritmo tem uma coisa que o robô não pode fazer: ser criativo! Pensar fora da caixa, criar algo novo, surpreender… é algo que nenhuma automatização (ainda) substitui!

Looks Amaro

O FIM DOS SMARTPHONES?

Por fim, se você, como eu, passa o dia grudada no seu celular, prepare-se para cair da cadeira: outro dos assuntos mais comentados do SXSW foi o fim dos smartphones! [insira emojis chocados! kkk] A explicação é simples: só é possível evoluir tecnologicamente se trabalharmos com gadgets individuais. O modelo do celular que concentra câmera, player de música e etcs. chegou ao seu limite nesse quesito, voltaremos então a ter aparelhos separados para que se possa explorar o máximo de cada função – e pense em fazer isso utilizando especialmente comandos de voz e reconhecimento facial, as digitais do futuro!

SOBRE AUSTIN

Um conselho que posso dar não só sobre Austin, mas para qualquer destino: não tenha medo de ser “turistona”! haha Em vez de chamar um carro resolvi pegar um “taxi bike” para fazer um trajeto à noite e foi tããão legal! Por 10 dólares (pechinchei viu!) fiz um passeio delícia que deu também uma outra visão da cidade… você vai observando tudo com calma, as luzes, o estilo do pessoal… recomendo!

Como fiquei muito imersa no festival acabei não conhecendo tanto de Austin em si (e ano que vem já quero voltar com a família para aproveitar TU-DO!), mas uma coisa tive que fazer: provar o Gus’s World Famous Fried Chicken! O cheiro que saía desse lugar era delicioso, não podia ir embora sem provar e olha… valeu mesmo muito a pena!

Curtiram esse resumo? No site da Glamour eles listaram também minhas observações sobre a paquera virtual, uma das palestras que mais amei ver lá!

  • Querem ver mais desse conteúdo “business” por aqui? Contem nos comentários!
PERFIL
Camila Coutinho
MOST WANTED
TV GE
25
mar
TV GE: Tutorial “liberte seus cachos” feat. Brunelas!
PHOTOBOARD GE
#look-do-dia

Copyright © 2018 - garotasestupidas.com - Todos os direitos reservados
Designed and Created bt Condomínio Network
INSTAGRAM
Copyright © 2018 - garotasestupidas.com - Todos os direitos reservados | Designed and Created bt Condomínio Network