Escolha uma opção de navegação: Blog/ Site
Escolha sua navegação: Site / Blog
04 nov 2016 - Por Camila Coutinho
Comentários

foto_porluizaferraz-1

E depois de uma maratona Miami-SPFW-agenda lotada em Recife finalmente consegui parar para contar com calma sobre a viagem ao Miami Design District pra vocês!!

Aproveitei o convite para conhecer esse bairro tão único (já explico por que) e cheguei dois dias antes dos compromissos para curtir um pouco a cidade, relaxar com Lhulhu e também trabalhar um pouquinho, senão não era a gente! kkk Vem aí uma campanha lindaaa de beachwear para a Loja Movimento, aguardem!

camila-coutinh-miami
Fim do shooting na praia com Lhulhu, a.k.a. Luiza Ferraz! kkkk

Mas bom, vamos ao que interessa: se Miami é um lugar conhecido mundialmente como “o” destino para compras, o Design District é “o” lugar para comprar luxo, tanto itens clássicos quanto o que há de mais moderno! As lojas estão superabastecidas com as coleções mais recentes, sem falar em parcerias especiais e peças mais criativas (tanto de design quanto de moda) que só dá para encontrar lá!

A área ocupada pelo Miami Design District estava abandonada até os anos 90, quando foi revitalizada e acabou se tornando cada vez mais atrativa, tanto para quem visita, quanto para as lojas – a Hermès, por exemplo, saiu do Bal Harbour e foi para lá!

foto_porluizaferraz-26

Grifes tradicionais como Burberry, Bvlgari, Cèline, Cartier, Louboutin, Dior, Emilio Pucci, Fendi, Gucci, Armani, Givenchy, Louis Vuitton e Prada dividem o espaço com marcas moderninhas como a Alice+Olivia, Alexander Wang, Maison Margiela, Zadie & Voltaire e Chrome Hearts, e outras mais casuais como a Mango.

Amei também porque é um ambiente bem diferente dos shoppings e outlets, dá pra fazer as compras com mais tranquilidade e realmente fazer disso um ótimo passeio!

foto_porluizaferraz-59
Com Craig Robins, co-fundador do Miami Design District

Craig Robins, co-criador do Design District, estava presente no nosso tour para explicar tudinho! Imagina se o cara não foi um visionário ao pensar nesse conceito 15 anos atrás? Sempre muito inspirador conhecer gente assim!

foto_porluizaferraz-17

Sente o clima da nossa recepção!

foto_porluizaferraz-5

foto_porluizaferraz-45

Todo o nosso squad era muito animado, mas quem tem um lugar especial no meu coração é Karolina Kurkova, que eu já tinha tido a oportunidade de conhecer e agora que passei mais um tempinho com ela fiquei ainda mais encantada! A top foi meio que nossa “guia” no tour, linda e uma simpatia só!

foto_porluizaferraz-37
Caroninha, alguém? kkk

foto_porluizaferraz-24  foto_porluizaferraz-31

foto_porluizaferraz-20

Ok, se você tá naquela situação em que não pode ver nem a vitrine da Forever21 já deve estar pensando em riscar o Design District da sua lista de lugares pra conhecer, né?! Bobeira!! O bairro em si é uma experiência muito bacana que vale a pena! Além das lojas ele está repleto de restaurantes e bares ótimos, sem falar nas obras de arte espalhadas pelas ruas e as próprias galerias com obras de artistas contemporâneos. É “InstaReady”! kkk Dá vontade de fotografar tudoooo!

foto_porluizaferraz-21

foto_porluizaferraz-176

foto_porluizaferraz-174

Tanto é que a gente até produziu um editorial de fotos lá! Espia só que delícia o backstage – e os itens bafo! – que a gente podia escolher pra isso!

foto_porluizaferraz-66

foto_porluizaferraz-69

foto_porluizaferraz-68 foto_porluizaferraz-65

foto_porluizaferraz-63
Lanchíneos que ninguém é de ferro né? kkk

foto_porluizaferraz-62

Depois da produção, partimos para as locações –  na verdade simplesmente o bairro, mas com um cantinho mais lindo que o outro! Esse lugar todo laranja, por exemplo, é a loja da Fendi!

foto_porluizaferraz-75

foto_porluizaferraz-91

foto_porluizaferraz-72

foto_porluizaferraz-146

foto_porluizaferraz-139

O que essa Lu arrasa nas fotos, hein gente?! <3   Todas aqui do post são dela!

Nossa programação por lá foi mesmo bem intensa! Além do brunch/baguncinha na Louis Vuitton, tour pelo bairro e sessão de fotos ainda rolou festinha Miami style mais tarde!

captura-de-tela-2016-11-03-as-15-49-23
Vestido Gucci + cinto Liziane Richter

 

captura-de-tela-2016-11-03-as-15-49-12
Fazendo “cara de reveillon” com Martha Graeff! kkk

Fiquei dois dias só explorando Miami Design District e não dá pra se entediar, vale muito a pena! Eles também fazem muitas programações especiais, várias marcas também aproveitam esse espaço tão único para fazer seus eventos… Dá pra checar o que vai rolar na época da sua viagem (e todas as outras informações sobre o bairro) no site deles, super completo!

captura-de-tela-2016-11-03-as-15-48-39
Look fun pra fechar: saia Pat Bo, tênis Valentino e t-shirt Ellus
  • E aí, ficaram com vontade de conhecer? E me contem se curtiram os looks!

Diário de viagem: o que rolou na minha visita ao Miami Design District!

04 nov 2016
- Por Camila Coutinho
Comentários

foto_porluizaferraz-1

E depois de uma maratona Miami-SPFW-agenda lotada em Recife finalmente consegui parar para contar com calma sobre a viagem ao Miami Design District pra vocês!!

Aproveitei o convite para conhecer esse bairro tão único (já explico por que) e cheguei dois dias antes dos compromissos para curtir um pouco a cidade, relaxar com Lhulhu e também trabalhar um pouquinho, senão não era a gente! kkk Vem aí uma campanha lindaaa de beachwear para a Loja Movimento, aguardem!

camila-coutinh-miami
Fim do shooting na praia com Lhulhu, a.k.a. Luiza Ferraz! kkkk

Mas bom, vamos ao que interessa: se Miami é um lugar conhecido mundialmente como “o” destino para compras, o Design District é “o” lugar para comprar luxo, tanto itens clássicos quanto o que há de mais moderno! As lojas estão superabastecidas com as coleções mais recentes, sem falar em parcerias especiais e peças mais criativas (tanto de design quanto de moda) que só dá para encontrar lá!

A área ocupada pelo Miami Design District estava abandonada até os anos 90, quando foi revitalizada e acabou se tornando cada vez mais atrativa, tanto para quem visita, quanto para as lojas – a Hermès, por exemplo, saiu do Bal Harbour e foi para lá!

foto_porluizaferraz-26

Grifes tradicionais como Burberry, Bvlgari, Cèline, Cartier, Louboutin, Dior, Emilio Pucci, Fendi, Gucci, Armani, Givenchy, Louis Vuitton e Prada dividem o espaço com marcas moderninhas como a Alice+Olivia, Alexander Wang, Maison Margiela, Zadie & Voltaire e Chrome Hearts, e outras mais casuais como a Mango.

Amei também porque é um ambiente bem diferente dos shoppings e outlets, dá pra fazer as compras com mais tranquilidade e realmente fazer disso um ótimo passeio!

foto_porluizaferraz-59
Com Craig Robins, co-fundador do Miami Design District

Craig Robins, co-criador do Design District, estava presente no nosso tour para explicar tudinho! Imagina se o cara não foi um visionário ao pensar nesse conceito 15 anos atrás? Sempre muito inspirador conhecer gente assim!

foto_porluizaferraz-17

Sente o clima da nossa recepção!

foto_porluizaferraz-5

foto_porluizaferraz-45

Todo o nosso squad era muito animado, mas quem tem um lugar especial no meu coração é Karolina Kurkova, que eu já tinha tido a oportunidade de conhecer e agora que passei mais um tempinho com ela fiquei ainda mais encantada! A top foi meio que nossa “guia” no tour, linda e uma simpatia só!

foto_porluizaferraz-37
Caroninha, alguém? kkk

foto_porluizaferraz-24  foto_porluizaferraz-31

foto_porluizaferraz-20

Ok, se você tá naquela situação em que não pode ver nem a vitrine da Forever21 já deve estar pensando em riscar o Design District da sua lista de lugares pra conhecer, né?! Bobeira!! O bairro em si é uma experiência muito bacana que vale a pena! Além das lojas ele está repleto de restaurantes e bares ótimos, sem falar nas obras de arte espalhadas pelas ruas e as próprias galerias com obras de artistas contemporâneos. É “InstaReady”! kkk Dá vontade de fotografar tudoooo!

foto_porluizaferraz-21

foto_porluizaferraz-176

foto_porluizaferraz-174

Tanto é que a gente até produziu um editorial de fotos lá! Espia só que delícia o backstage – e os itens bafo! – que a gente podia escolher pra isso!

foto_porluizaferraz-66

foto_porluizaferraz-69

foto_porluizaferraz-68 foto_porluizaferraz-65

foto_porluizaferraz-63
Lanchíneos que ninguém é de ferro né? kkk

foto_porluizaferraz-62

Depois da produção, partimos para as locações –  na verdade simplesmente o bairro, mas com um cantinho mais lindo que o outro! Esse lugar todo laranja, por exemplo, é a loja da Fendi!

foto_porluizaferraz-75

foto_porluizaferraz-91

foto_porluizaferraz-72

foto_porluizaferraz-146

foto_porluizaferraz-139

O que essa Lu arrasa nas fotos, hein gente?! <3   Todas aqui do post são dela!

Nossa programação por lá foi mesmo bem intensa! Além do brunch/baguncinha na Louis Vuitton, tour pelo bairro e sessão de fotos ainda rolou festinha Miami style mais tarde!

captura-de-tela-2016-11-03-as-15-49-23
Vestido Gucci + cinto Liziane Richter

 

captura-de-tela-2016-11-03-as-15-49-12
Fazendo “cara de reveillon” com Martha Graeff! kkk

Fiquei dois dias só explorando Miami Design District e não dá pra se entediar, vale muito a pena! Eles também fazem muitas programações especiais, várias marcas também aproveitam esse espaço tão único para fazer seus eventos… Dá pra checar o que vai rolar na época da sua viagem (e todas as outras informações sobre o bairro) no site deles, super completo!

captura-de-tela-2016-11-03-as-15-48-39
Look fun pra fechar: saia Pat Bo, tênis Valentino e t-shirt Ellus
  • E aí, ficaram com vontade de conhecer? E me contem se curtiram os looks!
28 jul 2016 - Por Camila Coutinho
Comentários

new-york-13-exterior-night-04

publicidade

Nas últimas semanas vocês viram pelas redes sociais (já segue Insta e Snap – gestupidas?) que passei uma mini temporada em Nova York, parte nos Hamptons com a Revolve, parte na cidade mesmo! E é dessa que quero falar aqui, já que dicas de hotéis pra deixar nossas viagens ainda mais incríveis nunca são demais né?

Dessa vez aproveitamos para ficar no Mandarin Oriental, rede com unidades em Las Vegas, Miami, Shangai, Londres, Paris… todas sempre muito bem recomendadas! Bom, estamos falando de um hotel 5 estrelas, então as expectativas eram altas, e confesso que todas foram atingidas, mesmo tendo passado poucos dias na cidade!

new-york-hotel-restaurant-the-lobby-lounge-2

A localização do MO é perfeita: no Columbus Circle, você praticamente tropeça e cai no Central Park fora que tem um metrô bem em frente. De cara, dá pra perceber por que todo mundo que vai lá fica encantado: a vista é sensacional! E nem precisa pegar um quarto super luxuoso pra poder aproveitá-la, já que ela já é de tirar o fôlego logo no Lobby Lounge, o restaurante para refeições mais rápidas e coquetéis.

new-york-14-fine-dining-asiate-01

O Asiate é outro que te deixa sem ar por todos os lados, porque além da vista o interior é incrível, uma decoração bem moderna e luxuosa, mas sem ser pretensiosa.

This decor 😍 Esse hotel é uma coisa de lindo! Tô apaixonada! @mo_newyork #newyork

A photo posted by Camila Coutinho (@camilacoutinho) on

Tomamos café da manhã por lá e dizem que o brunch de domingo também é maravilhoso!

Os quartos também são pensados para que se aproveite a localização privilegiada do hotel e claro que não bati em todos kkk, mas não deve ter um com uma vista que não agrade!

Tinha uma distribuição bem boa para acomodar as malas sem “muvucar”, e uma decoração caprichada mas que, não sei como, não parece algo impessoal, sabem? O aconchego vai além daquela coisa de cama boa de hotel!

mandarinorientalny

Além disso, o MO já poderia até ganhar uma estrelinha extra porque me inspirou a usar a academia, algo inédito pra mim em viagens! kkk Projeto #camilatanquinho tá a toda!

Mas brincadeiras à parte, foi tudo uma delícia e a equipe sempre muito atenciosa. Vale a pena planejar ficar nele pelo menos durante alguns dias da viagem para ter essa experiência 5 estrelas em New York!

  • Gostaram da dica? Se já conhece o Mandarin Oriental NY deixe suas impressões aqui nos comentários também!

Experiência 5 estrelas em NY: Mandarin Oriental

28 jul 2016
- Por Camila Coutinho
Comentários

new-york-13-exterior-night-04

publicidade

Nas últimas semanas vocês viram pelas redes sociais (já segue Insta e Snap – gestupidas?) que passei uma mini temporada em Nova York, parte nos Hamptons com a Revolve, parte na cidade mesmo! E é dessa que quero falar aqui, já que dicas de hotéis pra deixar nossas viagens ainda mais incríveis nunca são demais né?

Dessa vez aproveitamos para ficar no Mandarin Oriental, rede com unidades em Las Vegas, Miami, Shangai, Londres, Paris… todas sempre muito bem recomendadas! Bom, estamos falando de um hotel 5 estrelas, então as expectativas eram altas, e confesso que todas foram atingidas, mesmo tendo passado poucos dias na cidade!

new-york-hotel-restaurant-the-lobby-lounge-2

A localização do MO é perfeita: no Columbus Circle, você praticamente tropeça e cai no Central Park fora que tem um metrô bem em frente. De cara, dá pra perceber por que todo mundo que vai lá fica encantado: a vista é sensacional! E nem precisa pegar um quarto super luxuoso pra poder aproveitá-la, já que ela já é de tirar o fôlego logo no Lobby Lounge, o restaurante para refeições mais rápidas e coquetéis.

new-york-14-fine-dining-asiate-01

O Asiate é outro que te deixa sem ar por todos os lados, porque além da vista o interior é incrível, uma decoração bem moderna e luxuosa, mas sem ser pretensiosa.

This decor 😍 Esse hotel é uma coisa de lindo! Tô apaixonada! @mo_newyork #newyork

A photo posted by Camila Coutinho (@camilacoutinho) on

Tomamos café da manhã por lá e dizem que o brunch de domingo também é maravilhoso!

Os quartos também são pensados para que se aproveite a localização privilegiada do hotel e claro que não bati em todos kkk, mas não deve ter um com uma vista que não agrade!

Tinha uma distribuição bem boa para acomodar as malas sem “muvucar”, e uma decoração caprichada mas que, não sei como, não parece algo impessoal, sabem? O aconchego vai além daquela coisa de cama boa de hotel!

mandarinorientalny

Além disso, o MO já poderia até ganhar uma estrelinha extra porque me inspirou a usar a academia, algo inédito pra mim em viagens! kkk Projeto #camilatanquinho tá a toda!

Mas brincadeiras à parte, foi tudo uma delícia e a equipe sempre muito atenciosa. Vale a pena planejar ficar nele pelo menos durante alguns dias da viagem para ter essa experiência 5 estrelas em New York!

  • Gostaram da dica? Se já conhece o Mandarin Oriental NY deixe suas impressões aqui nos comentários também!
PERFIL
Camila Coutinho



Copyright © 2017 - garotasestupidas.com - Todos os direitos reservados
Designed and Created bt Condomínio Network
INSTAGRAM
Copyright © 2017 - garotasestupidas.com - Todos os direitos reservados | Designed and Created bt Condomínio Network