7 lembranças queridas que tenho da Capricho

03 jun 2015
- Por Camila Coutinho
Comente Aqui
03
jun
7 lembranças queridas que tenho da Capricho
03 jun 2015 - Por Camila Coutinho

Quando a gente fala que o mundo muda muito, e muito rápido, não é só frase de elevador não, gente! Ontem fiquei chocada com a notícia de que duas revistas das quais gosto muito, Contigo! e Capricho, deixariam de existir no papel para continuar apenas como sites e projetos digitais (leia mais sobre o processo de reestruturação da Editora Abril aqui).

Questões financeiras à parte, fato é que é muito difícil mesmo continuar no impresso, falando de celebs, moda, beleza, quando temos tudo isso a apenas um clique! Eu sou do time que tem um prazer enooorme em folhear revista, guardar refs de looks, colecionar edições especiais e tal, mas é só olhar no nosso grupo de amigas mesmo para ver como isso hoje já é exceção né?

Pensei muito nisso tudo desde essa notícia e me veio aquela mega nostalgia… Aí então não poderia deixar de fazer esse Top 7 com minhas lembranças mais queridas de Capricho para me despedir – até porque tenho certeza que todo mundo que foi adolescente nos anos 90/ early 2000’s entrou nessa vibe #sdds também! hehe Bora?

1. COMPARTILHAR A CAPRICHO NOVINHA COM AS AMIGUE

capricho1
Ok, dava um pouco de dó. Mas você sabia que na próxima quinzena podia ser sua vez de ficar na fila pra ver 8 dicas para perder o BV, a dica de customização tie-dye da vez ou, claro, o gatinho de Malhação contando o que mais admira numa garota! kkkk Era chegar Capricho e ter a certeza: a edição vai rodar a sala (e os comentários em grupo eram os melhores)!

2. RECORTAR FOTOS E LETRAS

edit-19246-1431011670-5

Depois de rodar a sala e levar sua revista para casa, você sabia: a revista nunca mais seria a mesma! Isso porque chegou a hora de recortar as frases inspiradoras, as fotos dos boys, os desenhinhos fofos, fora as dicas de make/dieta que a gente jurava que ia por em prática ao colar na agenda. Fala sério, e vendo a colagem final a gente se sentia “a” super designer né? kkkk

3. USAR A AGENDA DA CAPRICHO

capricho3
Agenda Capricho 2015 – ainda caçando as minhas aqui, queria muito achar!

Eu achava as da Capricho as melhores! Porque vinham com adesivos/tattoos temporárias (tribal tá? kkk), saquinho de plástico (onde colocava os recortes que ainda não tinha usado), dicas de horóscopo, frase do dia, etc…. E MUITO espaço pra escrever, porque olha… Aquela vida de teenager não era fácil! kkkk

4. FAZER TESTES E COMPARAR COM AS AMIGAS

enhanced-buzz-27759-1417540215-10

Hoje imagino como os jornalistas que faziam a revista deviam ficar bravos ao ouvir isso depois de apurar 1 milhão de caracteres em outras matérias, mas gente, OS TESTES ERAM A MELHOR PARTE! kkkk Será que ele tá a fim de você? Quem é você na turma? Sua melhor amiga (o termo bff veio depois, tá?!) seria Britney ou Xtina? kkkk AMAVA, e adorava mais ainda compartilhar os resultados com as amigas. Pirava nas edições de férias que vinham cheinhas de testes, assim como as de Dia dos Namorados…. Sim, sim, há vários testes online por aí, mas nada se comparar a pegar a caneta, se jogar na cama e marcar suas escolhas (ou tentar memorizá-las pra não zoar a página da amiga kkkk).

5. ENCAPAR E COLECIONAR EDIÇÕES ESPECIAIS

capricho4

Muitas delas a gente só se deu conta de como foram importantes algum tempo depois, como a da Luana Piovani na campanha “Camisinha Tem que Usar” e as primeiras de Gisele (<3 tenho até hoje!). Mas mesmo na época eu tinha o maior carinho quando vinha alguma celeb que eu gostava mais na capa (aliás, comprava desde muito antes delas aparecerem, antes eram apenas modelos comuns, e que a partir da revista viam a carreira deslanchar), encapava com contact (kkkkkkkkkkkkkkkk), guardava até o quarto não aguentar mesmo! Isso sem falar nos Guias de Signos que acompanhavam a primeira edição do ano (leitura de férias!) e as do Capricho Awards, que antigamente elegia até coisas tipo “jeans do ano”! hehe



6. QUERER SER DA GALERA CAPRICHO

capricho-galera

Quando estava começando a deixar de acompanhar a revista como público-alvo eles estavam começando com a ideia da Galera Capricho – e mesmo assim, que vontade de fazer parte! Naquele primeiro momento lembro que era um grupo misto com meninas e meninos (gatinhos!), que além de aparecerem na revista davam pitaco nas edições, faziam passeios mara… Tudo bem se mesmo depois, quando o grupo passou a ser só de garotas, do Brasil todo, que tinham acesso a shows, desfiles, etc., eu quase mandei minha inscrição? kkkkk

7. SONHAR COM OS COLÍRIOS E FAMOSOS EM PÔSTERES

capricho-1094-001

Vi várias fases dos chamados Colírios da revista – anônimos, famosos, os que eram anônimos e ficaram famosos por causa da revista -, e na fase em que era leitora assídua amava recortar essas páginas e colar em alguns cantinhos do quarto. Se era pôster então, guenta coração! kkkk

capricho
A primeira capa (1952) e a última (edição de junho de 2015, já é histórica!)

É isso! #sdds Capricho! E se você também se identifica não deixa de comentar hein!

Posts Relacionados
PERFIL
Camila Coutinho
MOST WANTED

Copyright © 2018 - garotasestupidas.com - Todos os direitos reservados
Designed and Created bt Condomínio Network
INSTAGRAM
Copyright © 2018 - garotasestupidas.com - Todos os direitos reservados | Designed and Created bt Condomínio Network